Homofobia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1079 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PAINÉIS A HOMOFOBIA NO AMBIENTE DE TRABALHO

José Airton da Silva (Faculdade Frassinetti do Recife – FAFIRE) Thiago de Almeida (ITES) Maria Luiza Lourenço (Faculdade de Educação – USP)
notria21@hotmail.com

INTRODUÇÃO A discriminação baseada na orientação sexual no ambiente de trabalho é bastante comum (Chung, 1995). Em virtude disso, a luta contra a discriminação, o preconceito e aviolência dirigida contra homossexuais vêm se tornando questão de destaque no que se refere à mobilização por parte dos grupos homossexuais. O que se percebe é que as diretrizes de igualdade e proteção aos homossexuais constituem, na verdade, mais a exceção do que a regra propriamente dita. Em seus estudos, Croteau (1996) afirma ainda haver preconceito quando da revelação da orientação sexual no ambientede trabalho. Apesar de ser visto como um fenômeno complexo oriundo de diversas causas, grupais ou individuais, é possível definir o preconceito como “atitude hostil ou negativa para com determinado grupo, baseada em generalizações deformadas ou incompletas”, segundo Aronson, (1999) citado por Nunan (2003, p. 59). Argumenta-se que o preconceito contra homossexuais no ambiente de trabalho é reflexoda discriminação enfrentada por esses indivíduos pela sociedade que geralmente ainda percebe a homossexualidade como um conjunto de atitudes anormais e desviantes. Nesse sentido, fala-se em homofobia, termo utilizado e associado ao preconceito contra os homossexuais. Derivada das palavras gregas homos que quer dizer “o mesmo” e phobikos que quer dizer “ter medo e/ou aversão a”, a palavra homofobiafoi utilizada oficialmente por George Weinberg, em 1972, no seu livro: “A Sociedade e o Homossexual Saudável”. Usada para definir a repulsa de alguns indivíduos face às relações afetivas e sexuais entre pessoas do mesmo sexo, a homofobia é caracterizada pelo medo e desprezo pelos homossexuais, muitas vezes por se considerar crenças que

108

assumem que a heterossexualidade é a única forma desexualidade normal, natural, aceitável e, portanto, hegemônica (Silva, 2007). Este estudo reúne alguns apontamentos na literatura acerca da questão da homofobia circunscrita no ambiente laboral. Homofobia: será que ele é? Será que eu sou também? Defendida também como o medo que algumas pessoas têm delas próprias serem homossexuais ou de que outras pessoas as vejam ou percebam como tais, ahomofobia inclui preconceito, discriminação, abuso verbal e atos de violência originados por esse medo e ódio – o tratamento e as atitudes dos colegas diante do gay (seja por medo de serem confundidos como membros do grupo gay, seja para não se excluírem do grupo dominante ao qual pertencem), são tendenciosas ao afastamento e à discriminação. Assim, identifica-se homofobia até mesmo em homossexuais quevivem em constante gerenciamento da identidade homossexual (seja para se adequarem ao ambiente hostil, seja para manter segredo da orientação sexual); e também, em algumas situações, negam a própria homossexualidade por meio de atitudes e comportamentos característicos de heterossexuais, por medo ou para evitar sanções e comportamentos homofóbicos. Por esta perspectiva, infere-se que a homofobiaengendra um círculo vicioso, no qual ela mesma se retroalimenta. Outro motivo apontado como justificativa dos maus tratos dados aos homossexuais associa-se a crença de que relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo possam ser responsáveis pelo aumento de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) em relação à disseminação de ISTs entre práticas afetivas e sexuais entre a população heterossexual(Almeida, 2007; Petrilli Filho, 2004). Quando no auge da descoberta da AIDS e de outras doenças afins, os níveis de homofobia contra esse grupo minoritário eram altos, por serem os homossexuais os mais atingidos por essas doenças. As pessoas acreditavam ser possível contrair a doença por meio do contato físico com os homossexuais e, mesmo diante de esforços de educação nesse sentido, o medo da...
tracking img