Historia teatro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8951 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Teatro

Ano Lectivo 2010/2011

Disciplina: Língua e Identidade Cultural


Licenciatura: Comunicação

Aveiro, 30 de Abril de 2010



Teatro

Ano Lectivo 2010/2011

Disciplina: Língua e Identidade Cultural


Aveiro, 30 de Abril de 2010

Trabalho prático apresentado à unidade curricular de Língua e Identidade Cultural, como parte dos requisitos exigidos naavaliação contínua do 1º ciclo de estudos do
curso de Ciências da Comunicação, ministrado no ISCIA

Resumo:

Este trabalho subordinado ao tem Teatro visa em primeira analise descortinar o conceito mediante a sistematização cronológica das diferentes formas de manifestado da arte teatral.
A sistematização sendo cronológica – e como tal de alguma forma artificial – segueos passos dos muito autores que sobre este tema dispõem centenas de paginas nos mais variados livros, procurando reter e expor os períodos mais importantes que relevem para um trabalho de índole académica e pedagógica.
Procura-se sobretudo destacar com base num conhecimento prévio desta matéria as manifestações que o autor deste trabalho julga mais relevantes em termos de história do teatro,estabelecendo sempre que possível o paralelismo na realidade histórica portuguesa.
No segundo capitulo, o objecto de estudo versa sobre a Antígona, a obra máxima de Sófocles.
Pretendem-se demonstrar a espécie de riqueza que rodeia o registo da tragédia grega e esta obra em especial.
A Antígona não sendo uma obra evidente, ganha á luz das explicações de todos aqueles que sobre ela se debruçaram umanova roupagem cheia de significados ocultos, que nos aproxima do sentimento inicial daqueles que a viram representada em primeira-mão.

Índice:

Introdução………………………………………………………………………..………5

Capitulo I A historia do Teatro ………….....…………………………………..……...6

1 Os primórdios do Teatro ….……………………………………………..………..6

2 O Teatro Grego ……………………………..……………………………….……7

3 O teatroRomano……………………………………………….……..….……...10

4 O Teatro Medieval …………………………………………………..…………..13

5 O Teatro Quinhentista …………………………………………..……………….15

6 O teatro Renascentista …………………………………………..………………16

7 O Teatro Português do Barroco a Almeida Garrett…………………….…….….17

8 O Teatro do Sec XX……………………………………. ………………………20

Capitulo II Antígona……………………………………………………..……………22

1 Enquadramento………………………………………………………………….22

2 Resumo da Obra ………………………………………………………………..23

3 Analise da Obra ………………………………………………………….……..25

4 O abismo antropológico………………..……………………………………….27

5 Tragédia politico filosófica……………………………………………………. 28

Conclusão………………………………………………………………………....……30

Bibliografia………………………………………………….…………………….…....31

Introdução:

Conceptualmente o teatro étão antigo como a humanidade desenvolvendo-se à medida que se criam os cultos religiosos os ritos e as cerimonias.
Buscando formas de se defender dos elementos que não domina, o homem primitivo começa a imitar o mundo á sua volta simulando caçadas, celebrando acontecimentos, implorando aos deuses, um estado de espírito que comunica aos seus semelhantes pelo movimento do corpo criando a primeiralinguagem dramática

Começando por mimar os animais logo a dança surge como complemento da sua linguagem comunicativa à qual junta a “mascara” das expressões faciais em esgares de êxtase, sofrimento ou prazer, desenvolvendo instintos plásticos e rítmicos mediante os quais invoca os deuses e esconjura os espíritos malignos. (1)

Com a sedentarização surge a hierarquização da tribo. A oraçãoacontece de uma forma organizada já com chefes e jogos de cena, em que o ser humano intui que há dois mundos distintos, o seu e o das divindades cuja comunicabilidade terá de assentar num cerimonial, cujo ritual vincula todos os membros da comunidade tornando-se num dialogo colectivo, nascendo o dialogo dramático.
O propósito deste trabalho enquadrado no...
tracking img