Historia do raio x

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1319 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
historia do raio x


Na tarde de 8 de novembro de 1895. apos o trabalho. o fisico Wilhelm Conrad Rontgen (1845-1923), reitor da Universidade Wurzburg. na Alemanha, resolveu continuar alguns experimentos que fazia no laboratóio de sua casa. Ele estava com sorte. Antes de cair a noite. um acaso o ajudaria a descobrir os raios X.

Foi naquela tarde que o homem ganhou a incrivel capacidade vero invisivel. Como muitos físicos da epoca. Rontgen pesquisava o tubo de raios catódicos inventado pelo inglés William Crookes (1832-1919) anos antes.

Era um tibo de vidro. dentro do qual um condutor metálico aquecido emitia elétrons, então chamados raios catódicos, em direcão a outro condutor. Quando Rontgen ligou o tubo naquiele dia, algo muito estranho aconteceu: perto do tubo. uma placa deuim material fluorescente chamado platino cianeto de bario brilhou. Ele desligou o tubo e o brilho sumiu. Ligou de novo e la estava ele. O brilho persistiu mesmo quando Rontgen colocou um livro e uma folha de aluminio entre o tubo e a placa. Alguma coisa saia do tubo. atravessava barreiras e atingia o platino cianeto. Por seis semanas, o fisico ficou enfurnado no laboratório. tentando entender oque era aquilo. No dia 22 de dezembro. fez a radiacao atravessar por 15 minutos a mão da mulher. Bertha, atingindo, do outro lado. uma chapa fotografica.

Revelada a chapa. viam-se nela as sombras dos ossos de Bertha. na primeira radiografia da historia. Fascinado. mas ainda confuso. Rontgen decidiu chamar os raios de "X" - simbolo usado em ciência para designar o desconhecido. Passados l00 anos,não so o raio X deixou de ser obscuro como ajudou a clarear muita coisa para o olho e para a mente humana. sem ele nao conheceriamos a estrutura das moléculas e nao poderiamos ver as explosões que incendeiam o Sol. Tambem não teriamos informacoes importantes e curiosas sobre coisas tão diversas quanto o metodo de trabalho do pintor Van Gogh ou acredite - o torcicolo de mumias egipcias.

Noinício todos queriam Ver O próprio esqueleto, os raios X causaram sensação. Seis dias depois de radiografar a mão de Bertha, Röntgen apresentou seu achado aos colegas da Universidade de Würzburg.

A imprensa noticiou o fato com destaque em 5 de,janeiro de 1896. No mesmo ano, os médicos adotaram a novidade. Imagine: com ela dava para ver ossos quebrados e órgãos doentes dentro do corpo humano. Logocomeçou a ser usada no tratamento do câncer.

Pesquisadores também radiografavam animais para estudos anatômicas.

Na sociedade, a reação era de deslumbramento. Todos queriam ver próprio esqueleto. Rápido, o amencano Thomas Alva Edison (1847-1931) inventou um instrumento com tela fluorescente que deixava ver a radiografia ao vivo, sem necessidade de revelar filmes,

Em 1902, um inglês bolouuma máquina de raios X controlada por moeda, como essas de refrigerante que temos hoge. Um pouco antes, em Nova Jersei. nos Estados Unidos, deputados tentaræn passar uma lei proibindo o uso da radiação. Eram defensores da moralidade e achavæn que os raios permitiam a qualquer um ver os corpos nus de quem andasse pelas ruas. Já pensou? Seri a delícia dos Voieurs.

A lei é claro, não foi aprovada.Inclusive porque, no máximo, se veria os esqueletos pelados, E o verdadeiro risco da radiação continuou sendo ignorado. Em pouco tempo, surgiriam as lesões provocadas pelos raios X.

As principais vítimas eram os operadores das máquinas, que sofriam exposições repetidas. Vários perderam as mãos.

Raio X

Antes de ganhar o primeiro Nobel de Física, em 1901, Röntgen enfrentou a desconfiança decientistas. Muitos alegavam que os raios X já eram conhecidos. Crookes, o inventor do tubo de raios catódicos que Röntgen estava usando em suas experiências, tinha notado a presença de uma radiação do lado de fora do tubo, Achou que eram os próprios raios catódicos, mas errou.

Como se soube mais tarde, esses raios são feixes de elétrons e não conseguem atravessar o vidro.

Röntgen...
tracking img