Historia da psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1492 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Filósofos Pré-Socráticos

Períodos dos primeiros filósofos, que viveram antes de Sócrates (470-399 a.C). Surgimento das ciências, medicina, física, e astronomia. Suas obras se perderam na Antiguidade, e só as conhecemos por meios indiretos. Em alguns casos é possível até que não tenha havido obra escrita, já que a tradição filosófica grega valorizava mais a linguagem falada do que escrita. Aconduta filosófica é o momento da antropologia, voltando-se para as questões humanas: A razão. Dentre os filósofos da época podemos destacar:
Tales de Milleto (624-548 a.C) Tales tinha como base descobrir um elemento físico que fosse constante em todas as coisas, a idéia de buscar como descobrir o mundo; O princípio de tudo era a água, elemento presente em todos os seres vivos. Que o mundo éindefinido.
Anaxímenes (588-524 a.C) Para ele a origem de todas as coisas era o ar. Acreditava que a água seria ar condensado e que o fogo seria ar perfeito, por conseguinte o ar constituiria a origem da terra, da água e do fogo.
Pitágoras (570-496 a.C) Preocupação com o conhecimento quantitativo ao mundo. O número como essência é o elemento básico explicativo da realidade.
Heráclito de Éfeso(540-476 a.C), Conhecido como o “obscuro”, devido à dificuldade de interpretação dos seus pensamentos. A realidade natural se caracteriza pelo movimento, sendo este o sentindo básico da sua frase “Ponta rei” (tudo passa).

Filósofos da Antiguidade
Período em que a alma foi objeto de reflexão por parte de diversos pensadores referindo-se a alma no sentido de idéia ou mente. O homem é visto e apontadocomo matéria para estudo e observado sua verdadeira essência, procurando compreender o verdadeiro conhecimento.
Sócrates (470-399 a. C) Nasceu em Atenas e é considerado o fundador da filosofia ocidental. Sua existência é contestada, pois nunca deixou um texto escrito. A única fonte de sua existência está nos diálogos de Platão e Xenofonte, seus discípulos. O método socrático consiste em umaprática, que utilizando um discurso caracterizado pela maiêutica, isso é induzir uma pessoa por seu próprio raciocínio, chegar a uma conclusão. Sócrates acreditava na imortalidade da alma e que agir mal não é saber, que atos errados era conseqüência da própria ignorância. ”Só sei que nada sei”, dizia isso por que sabia que sua sabedoria era ilimitada. A verdade não é única e nem absoluta.
Platão(427-347 a.C), Para Platão existia dois mundos diferentes, o mundo das idéias, onde há bondade e beleza também chamada como cosmos. E o mundo sensível, onde há maldade, onde a matéria existe. A teoria do conhecimento de Platão diz que conhecer é recordar, ou seja, no andar dos anos, a alma vai vendo e lembrando aquilo tudo que já sabia. Para ele,quando alguém nasce uma alma vem do mundo das idéias,parao corpo da pessoa. A alma, por estar no mundo das idéias, tem o conhecimento de tudo.
Aristóteles (384-322 a.C) Nasceu em Estagira, estudou em Atenas e é discípulo de Platão. Foi considerado, “O Filósofo.” Aristóteles é contrario ao pensamento de Platão que existiam dois mundos, pois acredita que exista apenas um. Acredita que a pessoa é composta de corpo e alma e que todos caminham para aperfeição, que conhecer é abstrair se da matéria. Segundo Aristóteles “A virtude é o ato de fazer o bem sempre” e o vicio é o ato de fazer o mal.
Epícuro (341- 270 a.C) Nasceu em Samos, considerado o filósofo da alegria Epicuro era muito doente, então sua filosofia visava uma vida tranqüila sem dor e sem medo, vivendo cercados de amigos. Acreditava que não devemos ter nenhum medo dos deuses, não devemoster medo da morte, porque ela é o fim.
Tanto o corpo quanto a alma são aglomerados de átomos, quando uma pessoa morre esses átomos são dessaglomerados, tornando possível assim, um segundo nascimento.
Idade media.
Durante esse período houve o surgimento do cristianismo. A psicologia é relacionada ao conhecimento, devido à monopolização do saber da igreja católica.
Período Teológico...
tracking img