[Histologia] sistema urinario

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2460 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
| 2012 |
| HistologiaMonge copista
|

[Sistema urinário] |
[Digite aqui o resumo do documento. Em geral o resumo é uma breve descrição do conteúdo do documento. Digite aqui o resumo do documento. Em geral o resumo é uma breve descrição do conteúdo do documento.] |

“A composição do corpo não é determinada pelo que a boca toma mas sim pelo que os rins mantém”
Homer Smith,Fisiologista Renal


Gliconeogênese ("formação de novo açúcar") é a rota pela qual é produzida glicose a partir de compostos aglicanos (não-açúcares ou não-carboidratos), sendo a maior parte deste processo realizado no fígado (principalmente sob condições de jejum) e uma menor parte no córtex dos rins.

Epitélio de transição: restrito ao revestimento das vias urinárias, e suas células variam suamorfologia dependendo do grau de estiramento. É estratificado e as células superficiais são globosas.

Formação da urina
* 1,5 l – 2,3 l /dia
* Filtrado de plasma sanguíneo
Sangue: toxinas, produtos de refugo do metabolismo celular, excesso de água e íons
Reabsorção de 99% do filtrado: toda glicose, aa, proteínas residuais
* Excreção de íons e algumas drogas (penicilina)

Regulaçãodo volume, da composição e do pH dos fluidos corporais
Balanço (equilíbrio) hídrico, salino e ácido-básico
Conservação de nutrientes: glicose e aa
Excreção de produtos tóxicos: ureia, acido úrico, creatinina

Substâncias excretadas | Órgãos excretores |
Compostos nitrogenados | Rins, pele |
Água | Rins, pele, pulmões |
Sais | Rins, pele |
Dióxido de carbono | Pulmões |

Produtosde secreção
* Renina: regulação da pressão sanguínea (células justaglomerulares)
* Prostaglandina: regulação da pressão sanguínea (fibroblastos modificados da medula)? Produzido em outros locais também
* Eritropoetina: regulação da produção de eritrócitos (fibroblastos do córtex) (baixa tensão de O2 arterial)
Outras funções
* Ativa uma forma de vitamina D –1,25-hidroxicolecalciferol/calcitriol (vitamina D3)
(promove a reabsorção intestinal de cálcio e regula excreção de fosfato)
* Regula o equilíbrio de cálcio e fósforo pela filtragem e reabsorção de aproximadamente metade do cálcio sérico (sinônimo de plasmático) não conjugado
* Gliconeogênese

Constituintes
Rins (2), ureteres (2), bexiga urinária (1) e uretra (1).
Pelo fato do tamanho da uretra ser menor,a mulher é mais propensa à infecção urinária. A uretra é a única que tem modificações nos sexos.
A partir de ureteres, as estruturas são envoltas por epitélio urinário (transição).

Rins
Localização: retroperitoneal
Região lombar superior da parede abdominal posterior

2 superfícies: côncava (medial)/convexa(lateral)
Sustentação/tecido conectivo: cápsula renal, cápsula adiposa (gorduraperirrenal) e fáscia renal (fibrosa)

Região menos corada é referente ao córtex e bem corada à medula. A sustentação se dá por tecidos conectivos (fáscias e gorduras) e, por não ter ossos ou cartilagem, é frágil. Se a gordura é consumida, ocorre a pitose renal (queda topográfica do rim, mudança de posição). Na lâmina, observa-se apenas a cápsula. Toda cápsula de órgão, ou não, é formada porTCDNM.

No polo superior, está em contato com a glândula supra-renal.

Altamente vascularizado/glândulas suprarrenais: pressão sanguínea e retenção de sódio e água

Buscar esquema e raios-X (Moore)

Cápsula
A cápsula reveste os rins e é constituída por tecido conectivo denso não modelado. Abaixo dela, tem o parênquima renal (interstícial).
Parênquima renal
Tecido intersticial: conectivodentro do parênquima
O córtex penetra entre as pirâmides, formando as colunas renais.
Córtex
Arco cortical + colunas renais (Bertin)
Medula
Pirâmides renais (6-12/8-18)
* Raios medulares (região dos lóbulos)
Raios medulares são emitidos da base da pirâmide em direção ao córtex.
raio medular
cápsula
medula

córtex
(somente aqui glomérulos renais - redondo)

Lobo renal
Visível...
tracking img