Hipocalcemia em ruminantes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1860 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Hipocalcemia em
ruminantes

Alunos: Fernando Fabrízio
Leilane Carmona Pereira
Matheus Lóes
Pedro Henrique de Jesus
Professora: Zaeida

ÍNDICE
1. INTRODUÇÃO .............................................................................. pg. 2

2. DESENVOLVIMENTO
2.1. Etiologia .................................................................................. pg. 3
2.2. Sinaisclínicos ......................................................................... pg. 4
2.3. Achados Laboratoriais ............................................................ pg. 5
2.4. Diagnóstico ............................................................................. pg. 6
2.5. Tratamento ............................................................................. pg. 7
2.6. Prevenção.............................................................................. pg. 8

3. CONCLUSÃO ............................................................................... pg. 9

4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ............................................. pg. 10

1

1. INTRODUÇÃO
O Cálcio é uma substância essencial para o organismo, sendo responsável
por funções como formação óssea,regulagem dos batimentos cardíacos,
contração neuromuscular, troca de íons entre membranas de células, entre
outras importantes funções metabólicas.
A deficiência de Cálcio gera no animal uma doença conhecida como
Hipocalcemia e constitui em uma das principais enfermidades metabólicas
em fêmeas de varias espécies de mamíferos, normalmente no período do
peri-parto, de 48 horas antes até 72horas depois que a fêmea deu a luz.
Em ruminantes, acomete vacas que possuem maior habilidade para
produção de leite, decorrente de um déficit na dieta no período seco destas
vacas.
Também chamada de febre do leite, febre vitular, síndrome das vacas
caídas ou paresia puerperal. É uma enfermidade que gera perdas
econômicas consideráveis no que diz respeito à produção leiteira, podendo
levar amorte do animal subitamente, até 12 horas após o início dos sinais
clínicos, havendo queda na produção leiteira média do rebanho.
O presente trabalho procura relatar as características mais marcantes de
Hipocalcemia em ruminantes, bem como seu tratamento e prevenção, a fim
de obter uma baixa ocorrência desta doença nos rebanhos leiteiros do
Brasil, conscientizando criadores, tratadores eveterinários.

2

2. DESENVOLVIMENTO
2.1. Etiologia
Hipocalcemia em ruminantes também é denominado de febre do leite,
febre vitular, síndrome das vacas caídas. É uma doença metabólica que
acomete animais de produção leiteira de bovinos, caprinos e ovinos onde estes
dois últimos com menor incidência. Causada por um aumento súbito no
requerimento de cálcio, no período que antecede o parto, paraa produção de
colostro e leite. É associada a um baixo consumo, a um aumento significativo
da demanda ou à incapacidade do organismo em manter os níveis de cálcio,
através de seus mecanismos fisiológicos. Além disso, em menor proporção, o
processo de crescimento e mineralização do tecido ósseo fetal aumentam, e há
a necessidade de deslocamento de cálcio do pool plasmático da mãe para o
fetono pré-parto. Entretanto, as células alvo de PTH, existentes nos ossos: os
osteoclastos, responsáveis pela desmineralização óssea e liberação de cálcio
para manutenção de seus níveis séricos, parecem estar refratários à ação do
PTH em vacas que desenvolvem a Hipocalcemia (pseudohipoparatireoidismo).
Tem-se demonstrado que o turnover ósseo é menor em vacas que
desenvolvem Hipocalcemia. Níveisde hidroxiprolina, liberada quando da
desmineralização da matriz óssea e detectável na urina, são mais baixos em
vacas com Hipocalcemia quando comparados aos de animais que não
apresentam a doença. Acreditava-se, também que elevados níveis de
calcitonina estivessem ligados a incapacidade de mobilização de cálcio ósseo,
porém tal elevação não tem sido descrita em vacas com paresia...
tracking img