Hipersensibilidade imediata

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3343 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Hipersensibilidade Imediata – cap. 19
Catherine Dantas Leite

A hipersensibilidade imediata é uma reação que ocorre quando o antígeno faz ligação cruzada com
os anticorpos IgE (se ligam aos receptores Fc dos mastócitos e basófilos) associados a células que ficam
ativadas e liberam rapidamente vários mediadores, os quais causam aumento da permeabilidade vascular,
vasodilatação e broncoconstrição.Características gerais das reações de hipersensibilidade imediata
 Enquanto os indivíduos saudáveis não respondem ou têm respostas inofensivas aos antígenos, os
atópicos desenvolvem fortes respostas de
2 e produzem IgE com a exposição a estas
substâncias alergênicas.
 A sequência de eventos típicos da hipersensibilidade imediata consiste em exposição ao antígeno,
ativação de células 2 elinfócitos B específicos para o antígeno, produção de anticorpos IgE,
ligação do anticorpo a receptores Fc dos mastócitos (sensibilização), e estímulo dos mastócitos
por reexposição ao antígeno, resultando em liberação de mediadores dos mastócitos e na
subsequente reação patológica.
 Há forte predisposição genética para o desenvolvimento de hipersensibilidade.
 Os antígenos que desencadeiam ahipersensibilidade, também chamdos alérgenos, geralmente são
proteínas e substâncias químicas ambientais comuns.
 As citocinas produzidas pelas células
2 são responsáveis por muitas características de
hipersensibilidade imediata.
 As manifestações clínicas e patológicas da hipersensibilidade consistem em reação vascular e da
musculatura lisa que se desenvolve rapidamente após a exposição repetida aoalérgeno (reação
imediata) e uma reação de fase tardia, consistindo em inflamação. A imediata pode ser
desencadeada por estímulos não imunológicos, como exercício e exposição ao frio. Tais reações
são ditas não-atópicas.
 As reações de hipersensibilidade imediata se manifestam de modos diferentes, incluindo alergias
na pele e nas mucosas, alergias alimentares, asma e anafilaxia sistêmica.
Produção deIgE
A regulação de IgE (mais eficiente na ligação aos receptores Fc dos mastócitos e na ativação
deste) depende da propensão de um indivíduo para montar uma resposta com 2 aos alérgenos porque as
citocinas derivadas das células 2 estimulam a mudança de isótipo de cadeia pesada para a classe IgE
nos linfócitos B.
 Natureza dos alérgenos
 Os antígenos (alérgenos) que desencadeiam hipersensibilidaimediata são proteínas ou
substâncias químicas ligadas a proteínas às quais o indiníduo atópico é exposto.

 Os indivíduos são expostos a eles repetidamente e, diferentemente dos micróbios, não
estimulam as respostas imunes inatas, impulsionanado os linfócitos T CD4+ para a via 2,
pois os próprios linfócitos T fabricam IL-4 (principal citocina indutora de 2).
 As características comuns de muitoalérgenos são baixo peso molecular, glicosilação e alta
solubilidade nos líquidos corporais. Essas características protegem os antígenos da
desnaturação e da degradaçao no trato gastrointestinal e permitem que eles sejam absorvidos
intactos.
 Como as reações de hipersensibilidade imediata são dependentes de linfócitos T, os antígenos
independentes deles, como os polissacarídeos, não conseguemdesencadeas tais reações, a
menos que se fixem a proteínas.
 Alguns medicamentos, como a penicilina, reagem com resíduos de aminoácidos em proteínas
próprias formando conjugados hapteno-transportador, que estimulam as respostas de
2e
produção de IgE.
 Ativação das células 2
 É provável que células dendríticas nos epitélios capturem os antígenos, transportem-nos aos
linfonodos, processem-nos eapresentem peptídeos das células T naives. Estes se diferenciam
no subgrupo
2 de células efetoras, as quais promovem mudança para IgE através da
secreção de IL-4 e IL-13.
 A IL-13 estimula as células epiteliais a secretar quantidades aumentadas de muco,
característica das reações de hipersensibilidade.
 As células 2 ( possuem receptores de quimiocinas CCR4 e CCR3) são recrutadas para locais
de...
tracking img