Higiene e profilaxia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1177 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MICROBIOTA DAS MÃOS

*Microbiota: Conjunto de microorganismos que habitam determinado espaço/ecossistema. (Ex.: Bactérias, fungos...).

As mãos constituem a principal via de transmissão de microrganismos durante a assistência prestada aos pacientes, pois a pele é um possível reservatório de diversos microrganismos que podem se transferir de uma superfície para outra, por meio de contatodireto (pele com pele), ou indireto, através do contato com objetos e superfícies contaminados.

A pele das mãos contém, principalmente, duas populações de microrganismos: os pertencentes à MICROBIOTA RESIDENTE e à MICROBIOTA TRANSITÓRIA.
A MICROBIOTA RESIDENTE é constituída por microrganismos residentes na pele de baixa virulência, como estafilococos, corinebactérias e micrococos,pouco associados às infecções veiculadas pelas mãos. É mais difícil de ser removida pela higienização das mãos com água e sabão, uma vez que coloniza as camadas mais internas da pele.
A MICROBIOTA TRANSITÓRIA coloniza a camada mais superficial da pele, o que permite sua remoção mecânica pela higienização das mãos com água e sabão, sendo eliminada com mais facilidade quando se utiliza umasolução anti-séptica. É representada, tipicamente, pelas bactérias Gram-negativas, como enterobactérias (Ex: Escherichia coli), bactérias não fermentadoras (Ex: Pseudomonas aeruginosa), além de fungos e vírus. É constituída por contaminantes recentes adquiridos do ambiente e que ficam na pele por períodos limitados. A população microbiana é extremamente variável.
Os patógenos hospitalares maisrelevantes são: Staphylococcus aureus, Staphylococcus epidermidis, Enterococcus spp., Pseudomonas aeruginosa, Klebsiella spp., Enterobacter spp. e leveduras do gênero Candida. As infecções relacionadas à assistência à saúde geralmente são causadas por diversos destes microrganismos quando resistentes aos antimicrobianos, tais como S. aureus e S. epidermidis.


HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS
É amedida individual mais simples e menos dispendiosa para prevenir a propagação das infecções relacionadas à assistência à saúde. Recentemente, o termo “lavagem das mãos” foi substituído por “higienização das mãos” devido à maior abrangência deste procedimento. O termo engloba a higienização simples ou lavagem das mãos com água e sabão, a higienização anti-séptica, a fricção anti-séptica e a antissepsiacirúrgica das mãos.
A higienização das mãos apresenta as seguintes finalidades:
• Remoção de sujidade, suor, oleosidade, pêlos, células descamativas e da microbiota da pele, interrompendo a transmissão de infecções veiculadas ao contato;
• Prevenção e redução das infecções causadas pelas transmissões cruzadas.
Devem higienizar as mãos todos os profissionais que trabalham emserviços de saúde, que mantém contato direto ou indireto com os pacientes, que atuam na manipulação de medicamentos, alimentos e material estéril ou contaminado.
Quando realizar a lavagem das mãos:
• No início do dia;
• Antes e após o atendimento do paciente;
• Antes de calçar as luvas e após removê-las;
• Após tocar qualquer instrumento ou superfíciecontaminada;
• Antes e após ir ao banheiro;
• Após tossir, espirrar ou assoar o nariz;
• Ao término do sai de trabalho.




TÉCNICA PARA LAVAGEM DAS MÃOS COM ÁGUA E SABÃO
(HIGIENIZAÇÃO SIMPLES):
1.Remover anéis, alianças, pulseiras, relógio, fitinhas, etc...
2.Umedecer as mãos e pulsos em água corrente;
3.Dispensar sabão líquido suficiente para cobrir mãos e pulsos;4.Ensaboar as mãos. Limpar sob as unhas;
5.Esfregar o sabão em todas as áreas, com ênfase particular nas áreas ao redor das unhas e entre os dedos, por um mínimo de 15 segundos antes de enxaguar com água fria. Dar atenção especial à mão não dominante, para certificar-se de que ambas as mãos fiquem igualmente limpas. Obedecer à seqüência:
I. Palmas das mãos;
II. Dorso das mãos;...
tracking img