Hidrotratamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5267 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
Hidrotratamento
-------------------------------------------------
Tecnologia Dos Processos Químicos

Antonio Rossano
Bruno Salles
Camila Bonomi
Isabella Dias
Tonny De Oliveira
Vanessa Rizkalla

Índice
i. OBJETIVO DO PROCESSO 3
ii. APLICAÇÃO DOS PRODUTOS 3
iii. FLUXOGRAMA 3
1. Detalhamento do Fluxograma: 4
2. Equipamentosdas unidades de Tratamento: 5
iv. OPERAÇÕES UNITÁRIAS ENVOLVIDAS 5
v. TIPOS DE REATOR 5
3. Introdução 5
4. Evolução dos Reatores 6
5. Secção transversal de um reator de hidroprocessamento 7
6. Pressão crítica do equipamento 8
7. Exigências para construção de equipamentos bimetálicos (Reator) 8
8. Danos Mecânicos 9
vi. AVALIAÇÃO DA LOCALIZAÇÃO 10
vii. AVALIAÇÃOECONÔMICA 11
1. Visão geral 12
2. Custos 12
3. Benefícios 12
4. Catalisador 13
5. Operacional 13
viii. AVALIAÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL 14
ix. BIBLIOGRAFIA 14

OBJETIVO DO PROCESSO

O Hidrotratamento é um dos processos mais utilizados no refino de óleos pesados e resíduos. É bastante abrangente podendo ser empregado para todas as frações do petróleo promovendo a remoção decontaminantes.

O processo consiste na eliminação de contaminantes de cortes diversos de petróleo através de reações de hidrogenação na presença de um catalisador, com a pressão e temperaturas elevadas e adequadas. É feito para remover compostos de enxofre, nitrogênio, oxigênio e metais pesados, bem como para estabilizar as correntes por hidrogenação de compostos insaturados. Este processo tornou-seextremamente importante para atender a crescente demanda de combustíveis com baixo teor de impurezas, que vem sendo criada pelo desejo da sociedade em melhorar a qualidade do meio ambiente e obter produtos satisfatórios.
A remoção destes contaminantes visa reduzir a corrosividade da fração, evitar a contaminação dos catalisadores dos processos subsequentes e ajustar os produtos em termos deespecificação.

O processo de hidrotratamento de uma corrente de petróleo, dentre muitos, tem como objetivos, os seguintes citados abaixo:
* Romper as ligações C-S (carbono –enxofre), C-O (carbono-oxigênio) e C-N (carbono-nitrogênio) formando de H2S (gás sulfurico), H2N (amineto) e NH3 (amônia).

* Estabilização de determinados cortes de petróleo cujas características usuais seriam inviáveispara utilização direta em motores a combustão, principalmente aqueles oriundos de processos térmicos, tais como o LCO (Light Cycle Oil), as naftas oriundas do processo de craqueamento catalítico (FCC) e as correntes oriundas das unidades de coque;

* Substituição dos heteroátomos existentes nas correntes de petróleo que causam principalmente o aumento das emissões ambientalmente nocivas eformadoras de acidez (enxofre e nitrogênio). A remoção de halogênios. Remoção de compostos que causam aumento do teor de fuligem (compostos aromáticos) e particulados (metais);

* Conversão de produtos oriundos de fontes naturais, tais como os óleos vegetais e animais em hidrocarbonetos (green diesel, diesel "verde");

Com as tendências futuras de especificações de produtos cada vez maisdirecionadas à redução de contaminantes, aliadas ao aumento da qualidade, a existência de unidades de HDT torna-se obrigatória, para viabilizar a produção de quase todos os derivados de petróleo comercializados pelas refinarias. Desta forma, mesmo considerando-se os elevados investimentos e custos operacionais (necessidade de utilizar temperatura e pressões elevadas, com alto consumo de hidrogênio), arealização de empreendimentos nesta rota ganhou um grande impulso ao redor de todo o mundo.

Atualmente, a capacidade de hidrorrefino instalada no mundo é bastante expressiva. GOMES (2007) cita levantamento anual realizado pela Oil & Gas Journal Data Book, em 2005, segundo o qual estavam operando no mundo 662 refinarias, com capacidade instalada para processamento de 4,0x107 b/d de óleo em...
tracking img