Hereditariedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3154 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Património genético

Célula – unidade básica de estrutura e funcionamento da vida.
Existem células procarióticas e eucarióticas.

As células procarióticas não possuem organelos membranares e o material celular esta espalhado pelo meio celular (nucleíode)
As células eucarióticas dividem-se em células vegetais (que possuem parede celular e vacúolos de grandes dimensões e cloroplastos) ecélulas animais (que não têm parede celular, mas apresentam centríolos e mitocôndrias).

Núcleo – local onde está armazenada a informação genética, pelo que controla a atividade celular.

Cariótipo – conjunto de cromossomas de uma espécie – cromossoma HUMANO 22 pares de autossomas (46, XY) e um par de cromossomas sexuais (23,X) ou (23,Y).

Cromossoma – suporte da informação genética (DNA).

DNA– material genético que se encontra no núcleo das células eucarióticas e espalhado no meio celular das células procarióticas.

Gene – segmento de cromossoma que cont~em informação sobre uma determinada característica.

Genoma – conjunto de todos os genes de uma epsécie

Genótipo – constituição genética de um indivíduo relativamente a cada característica.

Fenótipo – corresponde àmanifestação física do genótipo.


TRANSMISSÃO DE CARACTERISTICAS HEREDITÁRIAS

Genética – área do conhecimento que tem como objetivo o estudo dos genes, procurando respostas para a forma como se processa a herança genética.

O CONTRIBUTO DE MENDEL

Gregor Mendel (1822-1884) – monge da República Checa, filho de um agricultor e com poucos recursos económicos. Estudou a hereditariedade e é considerado opai da genética.

A espécie de ervilheira Pisum sativum foi a que deu melhores resultados no estudo de Mendel da hereditariedade, pois esta planta possui uma corola fechada (impedindo a fecundação por outras espécies de plantas) e um bom conjunto de características antagónicas.

Os resultados exatos obtidos por Mendel no estudo da hereditariedade devem-se, em grande parte, ao seu rigormetodológico. Podemos então falar em Procedimentos de Mendel, sendo eles divididos em três etapas.




PROCEDIMENTOS DE MENDEL
1º isolamento de linhas puras;
2º cruzamento de indivíduos contrastantes, de lihas puras (cruzamentos parentais);
3º método estatístico para o tratamento de resultados obtidos.´

Linhas puras – indivíduos homozigóticos em relação à característica pretendida e que,cruzados entre si, originam uma descendência que é sempre igual entre si e a um dos progenitores, relativamente à característica considerada.

Características – variações que nos ajudam a distinguir um indivíduo do outro (da mesma espécie).

Características hereditárias – transmitem-se de geração em geração através da reprodução. Surgem durante o desenvolvimento e crescimento dos organismos emanifestam-se ao longo da vida.

Mendel estudou então casos de:

Cruzamentos de monibridismo – onde se estuda a transmissão de apenas um caráter.
Cruzamentos de diibridismo – onde se estuda a transmissão de dois carateres.

MECANISMO DE TRANSMISSÃO EM MONIBRIDISMO
Depois de isolar as linhas puras, Mendel realizou cruzamentos parentais recíprocos.

|1) Cruzamento parental |P xP |Polinização cruzada (artificial) entre linhas puras |
|2) 1ª geração |F1 |Híbridos da 1ª geração |
|3) Cruzamento entre F1 |F1 x F1 |Autopolinização (natural) dos híbridos |
|4) 2ª geração |F2|Proporção fenótipica 3:1 - proporção genotípica de 1:2:1 |


Conclusão
Uniformdade dos híbridos – gerção F1 é uniforme em relação ao caráter em estudo, manifestando a característica de um dos progenitores.
Proporções fenotípicas – na geração F2 surgem ambas as características na proporção aproximada de 3 para 1

Segundo Mendel
- Cada organismo possui 2...
tracking img