Hepatite c e os procedimentos esteticos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIBAN – ANHANGUERA








JUCILENE SANTOS DE CARVALHO






METODOLOGIA: Hepatite C e os procedimentos estéticos:












São Bernardo do Campo
2012
UNIBAN ANHANGUERA




JUCILENE SANTOS DE CARVALHO




METODOLOGIA: Hepatite C e os procedimentos estéticos:






Projeto de pesquisa apresentado à disciplina de metodologia do ensino docurso de graduação em enfermagem, sob orientação da Prof.ª Mariana Castros de Souza.








São Bernardo do Campo
2012


UNIBAN – ANHANGUERA


SUMARIO



1. INTRODUÇAO..............................................................................................4
1.1Tema.............................................................................................................4
1.2 Problema.......................................................................................................4
1.3 Justificativa....................................................................................................5
1.4 Hipotese........................................................................................................5
2.OBJETIVO.....................................................................................................6
2.1 Geral..............................................................................................................6
2.2 Especifico......................................................................................................7REFERENCIAS...................................................................................................8
















São Bernardo do Campo
2012
INTRODUÇÃO

A hepatite C nos procedimentos estéticos.

A Hepatite C é uma inflamação do fígado, causada pelo vírus HCV. Sua forma de transmissão é através da corrente sanguínea.
O tempo de incubação da infecção aguda é de 14 a 180 dias. É uma doença muito silenciosa, poisos sintomas são imperceptíveis, na fase crônica não apresenta sintoma algum ou severo em estagio muito avançado da doença.
Pode estar associado a câncer de fígado e cirrose hepática. Para o diagnostico são feito exames laboratoriais, solorogia Anti Hcv ou Hcv RNA. Na fase crônica além da sorologia se faz também a biopsia do fígado, PCR qualitativo e quantitativo e genótipo do HCV. Nãoexiste vacina. O tratamento, normalmente é a associação do Interferon e a Ribavirina. A prevenção da doença é o não compartilhamento de alicates de unhas, aparelho de barbear ou outros materiais perfuro cortantes de uso pessoal. Profissionais de saúde devem usar luvas durante procedimentos com agulhas e tomar cuidados de segurança durante o descarte desses objetos.
Qual é o nível de conhecimentodas pessoas, sobre o risco de se contaminar com o vírus da hepatite C em procedimentos estéticos?
Quando se vai a um salão de beleza, uma clinica de estética, as pessoas não questionam nada, não levam seu material. Fica muito claro o quanto as pessoas e as profissionais da beleza não tem conhecimento do risco que correm
Entender a razão do grande numero de mulheres infectadas pelo vírus dahepatite C e a prevalência nas mulheres que se submeteram a tratamentos estéticos.
Através de uma experiência pessoal, passei a ter interesse pelo assunto. A partir de 2007 comecei a acompanhar alguns grupos de apoio a portadores de Hepatite C e percebi o numero de mulheres infectadas. Observei uma semelhança entre elas, todas realizam procedimentos estéticos.


Comprovar que as pessoasque se submetem a procedimentos estéticos, não tem conhecimento do risco que corre de se infectar com o vírus da Hepatite C.
Quando questionada se elas levavam seu Kit a manicure, por exemplo, a maioria respondeu que não, e as demais levavam apenas o alicate. Ora, isso não é o suficiente, uma vez que o vírus é muito resistente e pode ficar nos esmaltes, por exemplo, vivo por ate 7 dias....
tracking img