Guerreiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1348 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O sociólogo Alberto Guerreiro Ramos nasceu em Santo Amaro da Purificação, cidade do
recôncavo baiano, em 13 de setembro de 1915. Viveu boa parte de sua infância em cidades pobres e
próximas ao rio São Francisco, mudando-se posteriormente para a capital do estado, Salvador,
local onde residiu até sua ida definitiva para o Rio de Janeiro, em 1939, então com 24 anos de
idade. Ainda em Salvador,com seus parcos recursos, pode constituir uma pequena biblioteca
particular e assinar alguns periódicos, entre os quais as revistas francesas Esprit e Ordre Nouveau,
acompanhando de perto suas publicações. Paralelamente à sua educação formal no Ginásio da
Bahia, recebeu orientação por parte de um padre de origem alemã, pertencente à ordem dominicana,
Dom Béda Keckeisen O. S. B., que foi,durante a sua jeventude, uma espécie de mentor.
Nos anos 30, aos dezessete anos de idade, Guerreiro Ramos já despontava, no meio cultural da
classe média baiana, como um promissor intelectual, escrevendo ensaios regularmente para o diário
O Imparcial e para algumas revistas literárias de circulação nacional,No final desta década, mais
precisamente em 1939, o então jovem aspirante a poeta,auxiliado por uma bolsa de estudos
fornecida pelo governo da Bahia, seguiu para o Rio de Janeiro, a capital do país, onde buscaria
concretizar a sua aspiração de poeta.
No Rio de Janeiro, Guerreiro Ramos ingressou na primeira turma de ciências sociais da Faculdade
Nacional de Filosofia (FNFi), da Universidade do Brasil, graduando-se neste curso em 1942, e em
Direito, curso que havia iniciado emSalvador, em 1943.Os anos quarenta seriam, para Guerreiro
Ramos, decisivos em termos da opção que viria a tomar em favor da continuidade de suas reflexões
nas ciências sociais, distanciando-se da sua intenção primeira de ser poeta. Nessa década, ele atuou
em alguns órgãos do governo, entre os quais vale destacar o Departamento Nacional da Criança
(DNC) e o Departamento Administrativo do ServiçoPúblico (DASP), bem como em instituições
distantes da ação estatal, como foi o caso de sua militância junto ao Teatro Experimental do Negro
(TEN), entidade fundada por Abdias Nascimento. Tendo sido indicado por San Tiago Dantas,
exintegralista e diretor da FNFi, à época, para lecionar no curso de Puericultura e Administração do
DNC, Guerreiro Ramos se tornou membro do quadro docente daquelainstituição, ficando a seu
cargo a disciplina “Problemas Econômicos e Sociais do Brasil”. Vem daí, portanto, os seus estudos
a propósito da puericultura, mortalidade infantil, medicina popular e outros problemas sociais,
tendo eles como característica comum a forte presença da sociologia americana, mais
especificamente da Escola de Chicago.
Foi no DASP, porém, que Guerreiro Ramos, desempenhando afunção de técnico de
administração, esboçaria, de maneira mais consistente, a sua preocupação com um dos temas
principais de seus escritos: administração e teoria das organizações. Esses estudos lhe serviriam de
apoio quando de suas preocupações mais diretas com uma teorização sobre a realidade brasileira,
lançando propostas e diretrizes para ação no que concernia à administração públicanacional. Ali se
encontram alguns dos autores que maior influência sobre o sociólogo baiano exerceram, como foi o
caso de Max Weber e Karl Mannheim.
Participou do Grupo de Itatiaia, criado em 1952, e o IBESP, constituído em 1953, associações que
acabariam por desembocar no Instituto Superior de Estudos Brasileiros (ISEB), espaço intelectual
onde nosso sociólogo compartilhava do convívio comintelectuais como Álvaro Vieira Pinto,
Ignácio Rangel, Hélio Jaguaribe, entre outros. Esta instituição surgiu em 1955, durante o Governo
de Café Filho, e era vinculada ao Ministério da Educação. Tratava-se, em realidade, segundo o
depoimento de Jaguaribe, de um conjunto de atividades de estudos e ensino, com plena autonomia
de pesquisa e de cátedra, e que se voltava à análise estrutural econômica,...
tracking img