Guerras napoleonicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1597 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
GUERRAS NAPOLEÔNICAS


Napoleão promoveu na Europa naquela época; mas A batalha de Waterloo foi uma das mais cruéis da história. O número de baixas, em 18 de junho, era de 40.000 homens no lado francês, 15.000 no exército anglo-holandês e 7.000 entre os prussianos. Números esses famosos por ser o combate final das Guerras Napoleônicas, que pôs fim ao domínio francês sobre o continente europeue provocou modificações drásticas nas fronteiras territoriais e no equilíbrio de poder existente na Europa. Esta batalha, nas proximidades de Waterloo (Bélgica), é considerada um dos momentos decisivos da história moderna.
Guerras Napoleônicas, série de conflitos armados ocorridos entre 1799 e 1815, quando a França enfrentou várias alianças de potências européias. O motivo geral das campanhasfrancesas, após 1789, era defender e difundir os ideais da Revolução Francesa, mas com a ascensão de Napoleão Bonaparte, o objetivo passou a ser a expansão da influência e do território franceses.
A PRIMEIRA COALIZÃO Na guerra da Primeira Coalizão (1793-1797), a França lutou contra a aliança formada por Áustria, Prússia, Grã-Bretanha, Espanha, Províncias Unidas (Países Baixos) e reino da Sardenha. Ogoverno francês — o Diretório — confiou a Napoleão o comando das operações militares contra as tropas austríacas, bem como a missão de conquistar o Egito, com o objetivo de cortar o caminho britânico para a Índia. Napoleão desembarcou, em Alexandria, e invadiu o Egito, mas foi derrotado pelo almirante Nelson, na batalha do Nilo, quando sua esquadra foi destruída.
A SEGUNDA COALIZÃO A SegundaCoalizão, formada em 24 de dezembro de 1798, era integrada por Rússia, Grã-Bretanha, Áustria, reino de Nápoles, Portugal e Império Otomano. As principais batalhas ocorreram no norte da Itália e na Suíça e aboliram a República Cisalpina. Depois que o exército francês foi vencido, em Zurique (7 de junho), por Carlos de Habsburgo, as forças francesas comandadas pelo general André Massena venceram asrussas chefiadas pelo general Alexander Korsakov, em 26 de setembro.
Napoleão venceu os austríacos na batalha de Marengo em 14 de junho de 1800, obrigando a Áustria a assinar o Tratado de Lunéville em 9 de fevereiro de 1801. Por este Tratado, a Áustria cedeu à França a margem esquerda do Reno e reconheceu as repúblicas Batava, Helvética, Cisalpina e Ligúria. O Tratado ainda marcaria a dissolução daSegunda Coalizão e, em 27 de março de 1802, a Grã-Bretanha assinou a Paz de Amiens com a França.
Quando a Grã-Bretanha negou-se a entregar a ilha de Malta aos Cavaleiros de são João de Jerusalém, iniciou novo conflito com os franceses. Em 1805, com a Áustria, a Rússia e a Suécia aderindo ao conflito, em apoio aos ingleses, e a Espanha aliando-se à França, originava-se a Terceira Coalizão.
ATERCEIRA COALIZÃO Napoleão enfrentou os austríacos, que haviam invadido a Baviera, e vários Estados alemães apoiaram a França. Napoleão derrotou as forças austríacas em Ulm, capturou 23.000 prisioneiros e começou a marcha ao longo do Danúbio, para conquistar Viena. Os exércitos russos, liderados pelo general Mikhail Kutuzov e pelo czar Alexandre I da Rússia, levaram reforços aos austríacos, mas foramvencidos na batalha de Austerlitz. A Áustria rendeu-se, novamente, e assinou o Tratado de Presburgo em 26 de dezembro de 1805.
A CONFEDERAÇÃO DO RENO Napoleão aproveitou a situação para nomear seus irmãos, José I, rei de Nápoles, em 1806, e Luís I Bonaparte, rei da Holanda (a antiga república Batava). A Confederação do Reno, formada em 12 de julho, pôs fim ao Sacro Império Romano-Germânico equase toda a Alemanha ficou sob o domínio francês. No entanto, o almirante britânico Horatio Nelson derrotaria as frotas francesa e espanhola na batalha de Trafalgar em 21 de outubro de 1805. Em 1806, Napoleão tentou impor o Bloqueio Continental, pelo qual os portos de toda a Europa ficariam fechados ao comércio britânico. Mas a superioridade naval dos britânicos dificultou a aplicação desta medida,...
tracking img