Greve geral de 1917

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (494 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SERVIÇO NACIONAL DA INDÚSTRIA – SENAI CHAPECÓ


















GREVE DE 1917





Elisa Zanrosso e Natália Teixeira, 2012; sociologia;Leonardo Dlugokenski






























Chapecó, 2012


Sumário

Sumário 2
Considerações inicias 3
Greve de 1917 4
Considerações finais 5Considerações inicias


A greve de 1917 caracterizou-se pela revolta de trabalhadoresindustriais que se sentiam insatisfeitos dentro das fabricas, por serem na maioria das vezes desrespeitados pelos seus superiores dentro da empresa.
No século XX o Brasil aumentou suasexportações. Em decorrência especialmente da Primeira Grande Guerra Mundial, o país passou a exportar grande parte dos alimentos produzidos para os países da Tríplice Entente. Em 1915 além de diminuir osprodutos alimentícios no mercado seus preços elevaram. Mesmo que o salário tenha sido elevado, o custo de vida aumentara de uma forma desproporcional. Isso fez com que crianças e mais membros da famíliativessem que trabalhar de modo excessivo para ajudar na renda familiar.











Greve de 1917

A greve começou no mês de junho nos bairros da Moca e Ipiranga, a greve estourou nasfábricas têxteis do Contonificio Rodolfo Crespi (SP), passando então para outros estados.
Por toda a República Velha os governos oligárquicos lidavam com as questões sociais como casos depolícia, tomando medidas arbitrárias que envolviam prisões, torturas e expulsão dos estrangeiros do Brasil. Entraram em greve, mais de 70 mil trabalhadores que aderiram ao movimento transformando São Paulo emum campo de batalha, com armazéns saqueados, veículos e bondes incendiados e até barricadas nas ruas.
Foi organizado o Comitê de Defesa Proletária para defender a greve, tendo Edgard...
tracking img