Grandes sertoes veredas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2284 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Aluno: Benedito

GRANDE SERTÃO: VEREDAS - GUIMARÃES ROSA 1 – INTRODUÇÃO

João Guimarães Rosa, nascido em 27 de junho de 1908, em entrevista concedida ao crítico alemão Günter Lorenz em 1965. Filho de Floduardo Pinto Rosa, pequeno comerciante na cidade mineira de Cordisburgo, e de Francisca Guimarães Rosa. Primeiro dos seis filhos do casal, Rosa passou a primeira década de vida na cidadenatal, região de fazendas e criação de gado. Sobre essa época, ele comentou: “Não gosto de falar em infância. É um tempo de coisas boas, mas sempre com pessoas grandes incomodando a gente, intervindo, estragando os prazeres. Recordando o tempo de criança, vejo por lá um excesso de adultos, todos eles, mesmo os mais queridos, ao modo de soldados e policiais do invasor, em pátria ocupada. Fui rancorosoe revolucionário permanente, então. Gostava de estudar sozinho e de brincar de geografia. Mas, tempo bom de verdade, só começou com a conquista de algum isolamento, com a segurança de poder fechar-me num quarto e trancar a porta. Deitar no chão e imaginar estórias, poemas, romances, botando todo mundo conhecido como personagem, misturando as melhores coisas vistas e ouvidas”. Tendo aprendido asprimeiras letras com mestre Candinho e francês com frei Esteves, o menino foi para Belo Horizonte em 1918, onde se matriculou no famoso Colégio Arnaldo. Na capital era freqüentador da biblioteca e estudava – por conta própria – línguas e história natural. Ingressando na Faculdade de Medicina, manteve o interesse pela literatura. Em 1929, venceu, com o conto O Mistério de Highmore Hall, um concursoda revista O Cruzeiro, que o publicou em julho do mesmo ano. Era a estréia literária do autor, embora ainda sem o estilo que o caracterizaria. Como dominava diversos idiomas, decidiu, ainda em 1934, prestar concurso para o Itamaraty. Passou em segundo lugar, ingressando na carreira diplomática. Em 1936, seu livro de poemas Magma (que permaneceria inédito, por vontade do autor, por mais de 60 anos,sendo publicado apenas em 1997) foi premiado pela Academia Brasileira de Letras. Finalmente, em 1967, decidiu marcar a cerimônia de posse, escolhendo a data do aniversário de seu antecessor: 16 de novembro. Em seu discurso, além de homenagear Fontoura,evocou a Codisburgo natal. Na ocasião fez o que pareceria ser uma despedida premonitória, dizendo: “a gente morre é para provar que viveu.(...) Aspessoas não morrem, ficam encantadas”. Vitimado por um enfarte, Guimarães Rosa encantou-se três dias depois, em 19 de novembro. (Discutindo Literatura – Especial –Ano 1, nº4 – pág. 07 a 11 - Editora Escala Educacional)

2.

DESENVOLVIMENTO (resumo)

“Um fazendeiro de nome Riobaldo, às margens do rio Urucuia, recebe um visitante da cidade, e lhe conta a história da sua vida. Foi chefe dejagunços; tomou parte numa das grandes guerras entre os bandos armados que percorriam o sertão. Entrou para as lutas sertanejas acompanhando as forças de polícia que perseguiam os bandos, sob o comando de Zé Bebelo. Depois passou para o outro lado, sob a chefia de Joca Ramiro, que derrota e aprisiona Bebelo. Mas Ramiro é assassinado por dois de seus substitutos, Hermógenes e Ricardão. A partir daí anarração conta a longa história da vingança contra os dois traidores. Chefes se sucedem no comando dos vingadores, sem sucesso, entre eles o próprio Zé Bebelo. Finalmente, Riobaldo assume a chefia, depois de procurar fazer um pacto com o Diabo, para derrotar Hermógenes, que tinha fama de pactário. Neste percurso, dividido entre vários amores, Riobaldo se descobre apaixonado por seu companheiro delutas, Diadorim, que conheceu quando menino, o que o perturba muito. Ao final, Riobaldo consegue derrotar Hermógenes, mas perde Diadorim, enquanto seu grande segredo se revela. Rememorando sua vida, Riobaldo se interroga continuamente sobre a existência do Diabo, e se de fato fez o pacto. Único romance de Guimarães Rosa e um dos livros mais importantes da literatura brasileira, Grande sertão:...
tracking img