Gestao financeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1648 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Classificação de Projeto:
1) Projetos mutuamente excludentes
2) Projetos independentes (a escolha de uma não exclui a escolha do outro
3) Projetos dependentes

Questões fundamentais (produto ou serviços: (consigo identificar o meu fluxo de caixa com essas perguntas)
1) O que e como?
2) Qual o potencial de demanda¿
3) Para quem?
-Faixa etária
-sexo
-localização
-faixa derenda
4) concorrentes (estruturas de mercado)

Método Payback
Trata-se de uma método que, de forma simplificada, mostra em quanto tempo o capital investido serárecuperado.
Pela sua simplicidade é muitas vezes usado como uma primeira tentativa de visualizar o problema

Vantagens do PBS
O método pode ser visto como uma medida de risco (rudimentar), uma vez que quanto maior for oPBS, mais elevado será o risco do projeto
Desvantagens do PBS
Não leva em consideração o valor do dinheiro ao longo do tempo; subjetividade ao determinar o tempo máximo para o indicador; não considera o que ocorre com o projeto (fluxos) após a recuperação do dispêndio inicial.

Análise do método PBD
Critério de decisão é análogo ao do PBS; observe que ao incorporar o custo de capital e trazer aovalor presente todos os fluxos, o tempo de resgate do capital é maior; mesmo incorporando o custo de capital, o PBD ainda revela algumas falhas dentre elas a determinação do prazo máximo para aceitar ou não um projeto; estas técnicas serão utilizadas como uma primeira aproximação e para confirmar outros indicadores.

VPL
Corresponde á soma dos valores dos FCX descontados. O objetivo é escolheraqueles projetos que valem mais do que custam.
O método VPL é eficiente quando precisamos selecionar projetos concorrentes ou mutuamente exclusivos. De fato, considerando dois projetos (concorrentes) com escalas semelhantes a mesma vida útil devemos escolher aquele projeto com o maior VPL.

Fluxos convencionais e não convencionais
O fluxo convencional caracteriza-se por apenas uma mudança desinal no início do projeto, isto é, -+++++.
O fluxo ñ convencional pode apresentar mais de uma mudança de sinal na vida útil do projeto: -+-+-+-++.
Estas mudanças podem ter diversas origens, umas delas a necessidade de novos investimentos e, influenciando o sinal do fluxo de caixa.

TIR
Algebricamente podemos definir a TIR como a taxa de desconto que faz o VPL ser igual a zero.

A Partirdos conceitos relativos à elaboração do fluxo ce caixa, qual a importância do termo incremental
R: Tem a importância de Refletir a nova realidade do negócio

Por que quando calculamos o FCX é importante retornar com o valor da
depreciação?
R: Pq nunca houve uma saída efetiva de caixa da emrpesa, eu retorno para verificar quanto saiu de R$ da empresa.

2. Quais as vantagens e desvantagens doPBS?
R: O método pode ser visto como uma maneira de Risco (rudimentar), uma vez que quanto maior for o BBS, mais elevado será o risco do projeto.

4. A empresa Delat estuda a possibilidade de programar um novo projeto. Após
analisar as informações dos projetistas, calcule o FCX do projeto.
Estudo do Mercado:
A partir das informações do passado foi projetada a seguinte equação de demanda:Qd=238×T ∴ r 2=0 .89
onde:
Qd−Quantidade demandada tonelada 
T-Tempo anos 
T=0  ano 2005
Os projetistas verificaram que o projeto tem potencial para uma vida de três anos
(2005 – 2008) e que o preço (tonelada) seria de R$800,00 ao longo da vida útil.
Custos Variáveis R$
Energia 60/tonelada
Mão de obra 130/tonelada
Custos Fixos
Mão de obra 60.000/ano
Aluguel 30.000/ano

O custode energia terá um crescimento de 2% ao ano a partir de 2007 (inclusive). A
mão de obra (custo fixo) terá um aumento de 30% no segundo ano de operação do
projeto, conforme acordado anteriormente.
Investimentos Custo (R$) 2005 VR (R$) 2008
Terreno 100.000,00 80.000,00
Extratores 36.000,00 9.000,00
Esteiras 19.000,00 12.000,00
Instalações 160.000,00 100.000,00
No que se refere ao capital...
tracking img