Gestao economica (resenha)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2674 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

À ENGENHARIA

DE PRODUÇÃO

NOME: LAIZ PIRES CERQUEIRA.
PROFESSOR: EDUARDO MECA.
PRIMEIRO PERÍODO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO.
GESTÃO ECONOMICA. (RESENHA).

INTRODUÇÃO
O acompanhamento das perdas das empresas deve ser feito através da contabilidade financeira e de sistemas de custos, pois isto toma sua mensuração possível. A valoração das perdas em unidades monetárias possibilita queos vários tipos sejam confrontados e as mais relevantes sejam atacadas em primeiro lugar.
Este item apresenta algumas definições básicas de contabilidade de custos, além de características normalmente encontradas em sistemas de custos tradicionais que prejudicam ou não fornecem subsídios relevantes à gerência hoje em dia.
OBJETIVOS DOS SISTEMAS DE CUSTOS.
O primeiro objetivo básico dos sistemasde custos tradicionais é encontrar os custos dos produtos para avaliação de estoques, permitindo, deste modo, a determinação do resultado da empresa pela contabilidade financeira. Outros objetivos são o auxílio ao controle e auxílio à tomada de decisões. Neste trabalho, dar-se-á preferência à mensuração das perdas da empresa, que servirá para subsidiar os processos de controle e, em menor grau, detomada de decisões.
DEFINIÇOES BÁSICO
Serão apresentados alguns conceitos básicos neste item. Ressaltamos que as definições não são homogenias na literatura.Com o intuito de se fixar a nomenclatura a ser utilizada no trabalho.
GASTO é o sacrifício financeiro que a entidade arca para a obtenção de um produto ou serviço qualquer, ou seja é o valor dos bens e serviços adquiridos pela empresa.DESEMBOLSO é o pagamento resultante da aquisição do bem ou serviço, que pode ocorrer em momento diferente do gasto. INVESTIMENTO é o gasto ativado em função de sua vida útil ou de benefícios atribuíveis a futuros períodos. CUSTO é o gasto relativo a bem ou serviço utilizado na produção de outros bens e serviços, ou seja, o valor dos insumos usados na fabricação dos produtos da empresa. Os custosestão relacionados com a fabricação dos produtos, sendo normalmente divididos em Matéria-Prima (AQ), Mão-de-Obra Direta (MOD) e Custos Indiretos de Fabricação (CIF).
DESPESA é o valor dos bens ou serviços consumidos direta ou indiretamente para a obtenção de receitas. Nesta visão, os custos dos produtos vendidos pela empresa tornam-se despesas no momento da venda. Às vezes, este termo é empregado parase identificarem os gastos não identificados com a produção, isto é, referem-se às atividades não produtivas da empresa, geralmente sendo separadas em Administrativas, Comerciais e Financeiras. O termo OV ERHEAD é muitas vezes utilizado para descrever os custos e despesas que não podem ser alocados diretamente aos produtos.
PERDA é o valor dos bens e serviços consumidos de forma anormal einvoluntária. Naturalmente, a definição do que é normal passa pelo estabelecimento de algum tipo de padrão. Esta definição de perdas é diferente daquela apresentada no item 2. Do ponto de vista da contabilidade de custos, um termo mais correto para as atividades que não agregam valor seria desperdício. Neste trabalho, será mantida a designação perdas, por esta ser a usualmente assumida na literatura deengenharia de produção. Algumas vezes, o termo "custo" é empregado para identificar tanto os custos quanto as despesas, por simplicidade. Neste trabalho, não serão considerados investimentos pela empresa, fazendo com que o termo "gastos" englobe apenas os custos, despesas e perdas.
CLASSIFICAÇÃO DE CUSTOS
Os custos podem ser categorizados de acordo com sua variabilidade, a Facilidade deatribuição aos produtos e com a utilidade para a tomada de decisões. Outras classificações são possíveis, mas não se prestam aos objetivos deste trabalho.
CRITÉRIO PELA VARIABILIDADE
A classificação dos custos considerando sua relação com o volume de produção normalmente divide-os em custos fixos e variáveis. 7 Custos fixos são aqueles que independem do nível de atividade da empresa, ou seja, não...
tracking img