Gerenciamento de fadiga

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3868 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Artigos Científicos
ISSN 2176-7777
FERRAMENTA DE APOIO AO GERENCIAMENTO DE RISCO DA FADIGA PARA
PILOTOS DA AVIAÇÃO COMERCIAL BRASILEIRA
Paulo Rogerio Licati1
Luiz Marcelo T. de Brito2
Fábio Leite Costa3
Eduardo do Amaral Silva4
Marx Ferreira de Araújo5
Artigo submetido em 19/01/2010.
Aceito para publicação em 15/03/2010.
RESUMO: O transporte aéreo é uma atividade que ocorre nas vintequatro horas do
dia, todos os dias do ano, e cresce junto com a demanda global, atendendo às
necessidades de transporte de pessoas e cargas. Estimativas de porcentagens de
acidentes que envolveram o erro humano estão entre 70% a 80% dos eventos e a
fadiga dos pilotos de aeronaves é responsável por aproximadamente 20% desse
total. A fadiga não é um fenômeno unidimensional, mas é o produto devários
fatores que estão relacionados ao ciclo circadiano, tempo acordado, debito de sono,
entre outros. Assim surge a necessidade de uma nova visão no gerenciamento de
risco da fadiga humana nas operações aéreas, procurando manter o equilíbrio entre
1 Piloto de Linha Aérea - Comandante/Instrutor de Boeing 737/NG - Graduado em Gestão de
Empresa Aérea - Bacharel em Aviação Civil - Especialista emSegurança de Aviação e
Aeronavegabilidade Continuada(Instituto Tecnológico de Aeronáutica). paulolicati@gmail.com
2 Capitão Aviador da ativa da FAB; Engenheiro Aeronáutico; Especialista em Segurança de Aviação e
Aeronavegabilidade Continuada (Instituto Tecnológico de Aeronaútica). É colaborador da Associação
Brasileira de Ultraleves (ABUL) na região de São José dos Campos. Foi instrutor devôo da
Academia da Força Aérea (AFA) e oficial do Corpo de Cadetes da Aeronáutica (CCAer) nos anos de
2003 e 2004. Atualmente trabalha na Divisão de Certificação de Produtos Aeroespaciais do Instituto
de Coordenação e Fomento Industrial (IFI) do Departamento de Ciência e Tecnologia Aerospacial
(DCTA). marcelodbr@gmail.com .
3 Major da ativa do Exército Brasileiro. Formado em Administração deEmpresas. Desempenhou as
funções de Oficial de Operações, Oficial de Inteligência e, atualmente, é o Oficial de Logística e
Oficial de Excelência Gerencial do 3º Batalhão de Aviação do Exército. Piloto de helicópteros desde
1996. Instrutor dos modelos AS 350 e AS 365. fabioleite@hotmail.com .
4 Capitão do Exército Brasileiro; Facilitador em CRM pela ANAC; Piloto de aeronaves da Aviação doExército; Instrutor de voo; Especialista em Segurança de Aviação e Aeronavegabilidade Continuada
(Instituto Tecnológico de Aeronáutica). eduprec348@hotmail.com
5 Piloto Graduado em Aviação Civil, Especialista em Segurança de Aviação e Aeronavegabilidade
Continuada (Instituto Tecnológico de Aeronaútica) Despachante Operacional de Voo na empresa LAN
Chile; Elemento Credenciado em Prevenção de AcidentesAeronáuticos pelo CENIPA.
marxpiros@hotmail.com .
R. Conex. SIPAER, v. 1, n. 2, mar. 2010. 113
ISSN 2176-7777
a lucratividade das empresas aéreas e a segurança dos vôos. O objetivo desse
artigo é mostrar, por meio de uma revisão literária e de um estudo de caso com o
uso da ferramenta FAST™ (Fatigue Avoidance Scheduling Tool), que é possível
mitigar o risco da fadiga dos pilotos da aviaçãocomercial brasileira por meio de uma
ferramenta prática e com embasamento científico.
PALAVRAS-CHAVE: Pilotos de aeronaves. Fadiga. FAST™.
1 INTRODUÇÃO
O fortalecimento do neoliberalismo no mundo, através da mundialização do
capital após a queda dos sistemas socialistas, exigiu grande esforço para aproveitar
áreas e serviços ainda não explorados, por meio de “políticas dedesregulamentação, de privatização e de liberalização do comércio” (CHESNAIS,
1996). A transformação no mundo do trabalho é “um método de racionalização da
produção – técnica social de controle que é aplicada na matéria viva, ou seja, no ser
humano em si mesmo” e, esta racionalização, exige “uma nova forma de adaptação
psicofísica dos operários” (SILVA, 2004).
Nesse contexto, o meio aéreo também é...
tracking img