Geologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (943 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Odisséia do Pão de Açúcar
As Rochas Contam Sua História...
A FORMAÇÃO DO GONDWANA A maioria das rochas do Rio de Janeiro se formou durante a Era Paleozóica, há cerca de 500 milhões de anos atrás.Nessa época vários contine nte s anti gos se aproxi ma ram lentamente e se aglutinaram para formar em um enorme continentechamado Gondwana. A medida em que os continentes colidiam, suas margens seacavalaram umas sobre as outras, formando cordilheiras de montanhas e levando ao soterramento vastas porções da crosta (casca e xterna da Terra). A pressão e calor resultan tes modificaram as rochaspreexistentes, originando os gnaisses que hoje vemos. A temperatura foi alta a ponto de derreter algumas rochas, gerando grandes volumes de magma (rocha fundida). O resfriamento do magma resultou nosgranitos atuais do Rio de Janeiro. O Pão de Açúcar e os enormes paredões que vemos no Rio de Janeiro e Niterói são em sua maioria formados pelo Gnaisse Facoidal: um granito formado e deformado nasporções inferiores da crosta terrestre (pelo menos 25 quilômetros de profundidade). A erosão das rochas mais superficiais trouxe à superfície os gnaisses e granitos que hoje afloram. Os geólogos calcularam aidade de formação do Gnaisse Facoidal em cerca de 560 milhões deanos. A QUEBRA DO GONDWANA Um longo período geologicamente calmo se há s e g u i u a té a Er a M e so zó ica, aproximadam ente 130 milhões de anos, quando o supercontinente Gondwana se dividiu em vários continentes menores, entre eles a América do Sul. A separação entre a África e a América do Sul formou o Oceano Atlântico, que aindahoje se alarga imperceptivelmente alguns centímetros por ano. Os movimentos da crost a durante o Mesozóico formaram a Serra do Mar ao longo do litoral e a Serra da Carioca no Rio de Janeiro,incluindo o Pão de Açúcar. Olhando daqui para o norte podemos ter uma idéia da magnitude dos movimentos verticais da crosta: a diferença de altitude entre a Serra do Mar e as planícies costeiras do Rio de...
tracking img