Geografia critica e geografia pragmatica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2650 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL- UEMS
DAYANE FÁTIMA BORELLI MICHALSKI,
LARISSA EMÍLIA MONTE MORANDI
LETÍCIA RECALDE COSTA, TANAÍRA SOBRINHO, VANESSA OLIVEIRA

A GEOGRAFIA PRAGMÁTICA E A GEOGRAFIA CRÍTICA

CAMPO GRANDE
05/2011

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL- UEMS
DAYANE FÁTIMA BORELLI MICHALSKI,
LARISSA EMÍLIA MONTE MORANDI
LETÍCIA RECALDE COSTA, TANAÍRASOBRINHO, VANESSA OLIVEIRA

A GEOGRAFIA PRAGMÁTICA E A GEOGRAFIA CRÍTICA

Trabalho acadêmico formulado para atender aos requisitos da disciplina Introdução a Ciência Geográfica,ministrada pelo Profº Fábio Martins Ayres.

CAMPO GRANDE
05/2011

GEOGRAFIA CRÍTICA
As origens
A Geografia crítica, também chamada de marxista -- ousimplesmente Geocrítica -- nasceu em meados da década de 1970, inicialmente na França e posteriormente na Espanha, Itália, Brasil, México, Alemanha, Suíça e inúmeros outros países.
Pode-se dizer que os pressupostos básicos dessa "revolução" ou reconstrução do saber geográfico eram a criticidade e o engajamento. Por criticidade se entendia uma leitura do real -- isto é, do espaço geográfico -- que nãoomitisse as suas tensões e contradições, que ajudasse enfim a esclarecer a espacialidade das relações de poder e de dominação. E por engajamento se pensava numa geografia não mais "neutra" e sim comprometida com a justiça social, com a correção das desigualdades sócio-econômicas e das disparidades regionais. A produção geográfica até então, dizia-se -- embora admitindo exceções: Réclus, Kropotkin eoutros -- , sempre tivera uma pretensão à neutralidade e costumava deixar de lado os problemas sociais (e até mesmo os ambientais na medida em que, em grande parte, eles são sociais), alegando que "não eram geográficos".
É lógico que essa nova maneira de encarar a geografia não surgiu do nada. Ela se enraizou e floresceu num contexto de revisão de idéias e valores: o maio de 1968 na França, aslutas civis nos Estados Unidos, os reclames contra a guerra do Vietnã, a eclosão e a expansão do movimento feminista, do ecologismo e da crise do marxismo... E ela se alimentou de muito do que já havia sido feito anteriormente, tanto por parte de alguns poucos geógrafos quanto por outras correntes de pensamento que podem ser classificadas como críticas. Desde o seu nascedouro, a Geografia críticacomeçou um diálogo com a Teoria crítica, com o anarquismo (Réclus, Kropotkin), com Michel Foucault, com Marx e os marxismos, com os pós-modernistas e inúmeros outras escolas de pensamento inovadoras. Mas ela principalmente representou uma abertura e um entrelaçamento com os movimentos sociais: a luta pela ampliação dos direitos civis e principalmente sociais, pela moradia, pelo acesso à terra ou àeducação de boa qualidade, pelo combate à pobreza, aos preconceitos de gênero, de cultura/etnia e de orientação sexual, etc.
Quase ao mesmo tempo, embora alguns anos antes, surgia na Grã-Bretanha e principalmente nos Estados Unidos a chamada Geografia radical, que significou uma reação dos geógrafos anglo-saxônicos -- ou pelo menos de uma parte deles -- contra o excesso de quantitativismo,contra a denominada Geografia pragmática, ou quantitativa, que predominou nesses países nos anos 1960 e na primeira metade da década de 70. Também a Geografia radical censurou a ambição da neutralidade da tradição geográfica e, principalmente, o comprometimento subentendido dessa Geografia quantitativa com o poder instituído, com o Estado capitalista e com as grandes empresas. Era preciso usar ageografia a favor dos excluídos.
Da mesma forma que a Geografia crítica, a Geografia radical buscou subsídios tanto nos movimentos populares e sociais quanto nas correntes radicais de pensamento, em especial o marxismo. Neste ponto, ela diferiu um pouco da Geografia crítica, pois esta desenvolveu-se de forma um pouco mais aberta e pluralista, tendo maior convívio com outras correntes de pensamento...
tracking img