Gas de sintese

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1053 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GÁS DE SÍNTESE

Aplicações e produtos obtidos

O gás de síntese obtido na gaseificação pode ser aplicado na produção de combustíveis líquidos, como: metanol, hidrocarbonetos sintéticos e dimetil-éter, esquematizado na Figura2.7, depois de passar pelas etapas de limpeza e condicionamento.

A etapa de limpeza é importante porque o gás de síntese contém impurezas, tais como alcatrão,partículas sólidas, álcalis, poeira, composto de enxofre e outros. Estas podem correr equipamentos, como também corromper a ação dos catalisadores. A etapa de condionamento de sua composição já depende do tipo de biocombusível a ser produzido, no caso do metanol esta etapa está mais detalhada no item 3.1
Outra aplicação para o gás de síntese é a produção de eletricidade, um exemplo para tal aplicação, é ouso dele como combusível num ciclo combinado de turbina a gás e turbina a vapor, como está apresentado na Figura 2.8.

Na figura 2.8, o gás de síntese após passar pela etapa de limpeza é queimado na câmara de combustão de uma turbina a gás a fim de produzir eletricidade. Os gases quentes provenientes da mesma seguem para uma caldeira de recuperação, onde é produzido vapor. Uma parte deste édirecionado para uma turbina a vapor para produção de eletricidade, outra é encaminhada ao processo de gaseificação, como fluido de trabalho.

http://adm-net-a.unifei.edu.br/phl/pdf/0038238.pdf

Utilizações

O nome “gás de síntese” deriva do fato deste gás ser usado como produto intermediário na fabricação de gás natural sintético e de outros compostos (como o amoníaco e o metanol). Éigualmente aplicado na produção de petróleo sintético para combustão ou lubrificação por intermédio do processo Fischer-Tropsch e de métodos similares como a conversão de metanol em gasolina.

http://www.wikienergia.pt/~edp/index.php?title=G%C3%A1s_de_s%C3%ADntese

Unidades em C1
Metanol
Preparação a partir do gás de síntese. Aplicações como matéria-prima para a indústria química e comocombustível.
Formaldeído
Formaldeído a partir do metanol por desidrogenação ou por oxidação. Formulações industriais: solução aquosa (hidrato, formalina, formol…), trioxano e paraformaldeído. Aplicações. Utilização no fabrico de resinas.
Ácido fórmico
Preparação a partir do monóxido de carbono por hidrólise ou por alcoólise. Utilização como desinfectante e solvente.
Ácido cianídrico, metilaminas ehalometanos
Preparação industrial e principais aplicações.

http://www2.dq.ua.pt/intranet/programas/pdf/2006_2007/Qu%C3%ADmica%20Industrial%20Org%C3%A2nica.pdf

As vantagens do gás de síntese são tanto econômicas como ambientais. O gás de síntese pode também ser utilizado diretamente como insumo na indústria química (“chemical feedstock”), metalúrgica ou extrativa. Após a obtenção do gás desíntese, a reação convencional pelo processo Fischer-Tropsch permite a obtenção de combustíveis líquidos (“gas-to-liquid - GTL processes”) de alta qualidade (gasolina, etc).
O objetivo final pode também ser a produção do hidrogênio. Há hoje forte expectativa sobre a necessidade de produzir hidrogênio por uma rota mais atrativa, do ponto de vista econômico, que a reforma de gás natural.http://www.ifi.unicamp.br/gftp/aplicacoes%20geral/gas%20de%20sintese.htm


1.2.3.5 Metanol

A partir de um gás de síntese, oriundo dos hidrocarbonetos do gás natural, com composição de 2 (duas) partes de hidrogênio para 1 (uma) parte de monóxido de carbono, estes são combinados para a formação do metanol em presença de vapor d’água, à pressão de 35 MPa e 400 ºC.

O metanol ou álcool metílico (CH3OH) éutilizado para diversas finalidades na indústria química como fabricação de formal-formaldeídos para matérias plásticas, filmes e poliésteres e solventes diversos, ácido acético e metil terciário butil éter (MTBE) ou como combustível. Sua obtenção à partir do gás natural é fácil, em processos de baixa pressão e fabricação mais econômica em comparação à outras matérias primas.

O metanol...
tracking img