Futsal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2715 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

(Futsal de cegos).Nos últimos anos, justificado por uma série de interesses, tem-se preocupado cada vez mais com os portadores de deficiências, o que também inclui o aumento pela busca e prática dos esportes. Particularmente quanto aos cegos, no Instituto Benjamin Constant há sempre alguém em busca de informações e/ou espaço para a prática esportiva. 

Dentre as atividades esportivasdesenvolvidas por cegos, consideramos o futsal uma das mais difíceis. Justamente por isto, por sua procura e pela ausência de literatura sobre o assunto, buscamos apresentar os fundamentos básicos e discutir sua aplicação, com a intenção de, assim, contribuir com aqueles que desejam iniciar o ensino desta modalidade.
Introdução

Muitos de nós normalmente imaginamos que cegos não podemdesenvolver algumas atividades do cotidiano, do labor, domésticas e até mesmo esportivas e/ou do lazer, como andar de bicicleta, correr, nadar, entre outras. Entretanto, observando-se adaptações, é perfeitamente possível que o cego as realize, tornando-se assim mais ativo, independente e também integrado.

Especificamente sobre o futsal para cego, perguntamo-nos “como o cego pode jogar bola?”, “como ele‘enxerga’ a bola?”, “como ele pode acertar o gol?”, “como passa a bola para o companheiro?”, “e o drible?”. 

Estimamos que aproximadamente há quarenta anos, o futsal para cego vem sendo praticado para cegos no Brasil em várias de suas associações. No Instituto Benjamin Constant, esta prática também é muito antiga, tendo surgido de forma singular porque coube aos alunos a invenção espontânea deuma brincadeira denominada “gol a gol”.

Em nossa experiência de ensino no Benjamin, alunos iniciados no “gol a gol” têm geralmente apresentado um rápido aprendizado do futsal.

“Gol a gol” é um jogo armado com um número não determinado de jogadores, praticado com uma bola envolvida em um saco plástico, tendo como campo “oficial” o espaço demarcado pelas pilastras e teto do pátio do Instituto –dois metros de largura por três metros de altura – ficando os gols a dez metros de distância, onde sempre são respeitados o aviso verbal do adversário autorizando o chute e o revezamento no chute.

Dentre as atividades esportivas desenvolvidas por cegos, consideramos o futsal como uma das mais difíceis porque é a única em que o indivíduo tem que se deslocar em todas as direções em uma quadra de40m x 20m, sem um tempo predeterminado, com ritmos variados, perante quatro “adversários”, para atingir o gol, além de ser o goleiro adversário, vidente, conforme as regras internacionais determinam.

Com a apresentação e discussão dos fundamentos básicos do futsal adaptado, objetivamos não só esclarecer aquelas questões, como também contribuir com os que desejam iniciar o ensino deste desportopara cegos.

Características do futsal para cegos

O material e o espaço adequados para a prática do futsal para cegos não diferem tanto do jogo praticado pelos videntes, o que muito facilita o trabalho. A bola deve conter guizos ou, na impossibilidade de tê-la, pode-se envolver uma bola normal em saco plástico para possibilitar a audição do ruído do seu deslocamento. É importante o uso davenda, que possibilita a homogeneização de todos quanto ao sentido visual, pois alguns cegos percebem vultos e isso pode colocá-los em vantagem sobre os demais. 

A quadra deve ser cercada em toda a extensão lateral com muretas de madeira de um metro e vinte de altura, para que a bola não saia tanto de jogo. Além do mais, deve ser descoberta para evitar eco e/ou reverberação.

As RegrasInternacionais de Futsal para cegos e deficientes visuais, estabelecidas pelo Comitê Internacional de Futsal da IBSA, em 1995, na cidade de São Paulo e seguidas até hoje em todas as competições nacionais e internacionais, estão disponíveis no site http://www.abdcnet.com.br/.

Quanto ao deslocamento, os videntes jogam a bola à frente ou carregam-na próxima aos pés, mas não em contato permanente. Já o...
tracking img