Freios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 138 (34311 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE 1. Abertura (pág.2) 2. A História dos Freios (pág.3)
a. Como foram constituídos os primeiros freios b. Fundamentos de funcionamento e Leis físicas c. Dados básicos necessários para iniciar um projeto de freio

3. Tipos mais comuns de Freios de Roda (pág.18)
a. Freios a Tambor b. Freios a Disco hidráulico e pneumático c. Freios a disco de alta performance d. Outros exemplos de cálculosdisponíveis

4. Componentes do Sistema de Freios (pág.80)
a. Discos de Freio (rotores) b. Tambores de Freio c. Cilindros, Válvulas, e Servo-Freio (Vacuum Boosters)

5. Como se faz uma Instalação Básica de Freios (pág.115)
a. Uma noção rápida sobre balanceamento de freio

6. Uma passagem sobre os Recursos adicionais de frenagem (pág.144)
a. Retardadores b. Freio motor c.Eletro-regenerativo

7. O desenvolvimento e a segurança a serviço da frenagem ideal (pág.157)
a. ABS b. EBD c. EBA

8. O que está sendo desenvolvido hoje em termos de freios (pág.165) 9. Materiais de Fricção - Uma união entre Arte e Ciência (pág.170)
a. Visão histórica b. Princípios básicos para o desenvolvimento de um material de fricção Variáveis de projeto - O Atrito c. Composição básica de um material defricção d. Como se produz um material de fricção

10. “Tips” (pág. 198) e Bibliografia (pág.202)

1

1. Abertura
O curso que agora se inicia tem como objetivo abordar um tema de engenharia de ponta extremamente fascinante, mas, por outro lado, muito complexo, pois engloba muitas variáveis de projeto que via de regra são totalmente dependentes uma das outras a ponto de pequenas alteraçõesfísicas de projeto no dimensionamento do veículo provocarem reações significativas no Sistema de Freio - esse componente tão essencial, mas muitas vezes pouco lembrado, apenas naqueles momentos cruciais pelos quais nenhum de nós gostaria de passar. O curso foi desenvolvido para todos aqueles que não são especialistas na área de engenharia de chassis, que engloba os projetos de freios. O nome básico,entretanto, não vai desmerecer em momento algum o conteúdo do curso, que claro, não vai entrar em detalhamento de equações de projeto, mas proporcionará para os não especialistas uma visão completa sobre as principais variáveis e dados construtivos que são necessários e participam diretamente da constituição desse componente de segurança que equipa todos os veículos aéreos e terrestrespertinentes a tecnologia da mobilidade. Além dos freios de roda, como são comumente chamados (foundation), vamos igualmente proporcionar uma visão geral sobre todos os componentes que participam concomitantemente do projeto de instalação de freio, tais como os discos e tambores de freios, cilindro de roda, cilindros mestre, servos e principalmente, uma rápida passagem sobre o desenvolvimento de materiais defricção, parte extremamente importante desse projeto. Espero que vocês apreciem Pedro A. Diulgheroglo.

2

2. A História dos Freios 2.a » Como foram constituídos os primeiros freios
“Tudo que se move tem que parar”. Iniciando com essa celebre frase, que nos remete a uma das grandes leis da física reducionista - a Lei da Inércia, veremos que um dos grandes dilemas da humanidade foiproporcionado pela invenção da roda, que segundo pesquisas arqueológicas ainda não totalmente confirmadas, remonta o ano 3.000 AC e ligam sua origem a civilização Suméria. A roda pôde igualmente ser encontrada na Mesopotâmia, junto aos Assírios, aos Egípcios, Hicsos, Romanos, entre outros.

Figura 1 - A Roda na Suméria.

Figura 2 - A Roda na Mesopotâmia.

Figura 3 - A Roda no limiar da história.Se por um lado a roda veio para ajudar e facilitar a vida do homem na locomoção, no transporte de cargas e outros gêneros e ainda, propiciando uma série de outros inventos derivados que beneficiaram o desenvolvimento do nosso planeta, por outro ocasionava o paradoxo citado no início, ou seja, assim que um movimento se iniciava com a facilitação da roda, o que fazer para interrompê-lo. 3

Com...
tracking img