Francis bacon filosofia da tecnologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1023 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FILOSOFIA DA TECNOLOGIA

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

Belo Horizonte, 23 de fevereiro de 2013

A) Quais eram os principais temas de discussão entre os filósofos gregos (Platão e Aristóteles) relacionados à questão da “TECHNÉ”?

Nos tempos da filosofia antiga, filósofos já questionavam o uso do saber para transformar a natureza, prática de foi denominada “tchné”. Surgem então três temasprincipais que nortearam as discussões.
O primeiro tema se baseava na relação da tecnologia com o natural, em que Platão (428/427 – 348/347 a.C.) afirmava que a tecnologia era uma cópia de tudo já presente na natureza. Já seu aprendiz Aristóteles (384 – 322 a.C.) acreditava que a tecnologia era o meio utilizado pelos seres humanos para completar o que naturalmente faltava.
O segundo tema dizrespeito à diferença entre os seres naturais (physis) e os seres artificiais (poiesis). De acordo com Aristóteles, a relação entre a tecnologia e a natureza apresenta algumas diferenças, ou seja, nem tudo é baseado na similaridade. Isso porque os seres naturais apresentam características que independem da intervenção humana, como a capacidade de se reproduzirem, de se alimentarem, de se moverem. Já osartificiais dependem dessa intervenção para sobreviverem.
Por fim, o terceiro tema trata da utilização da tecnologia como forma de entender o que ocorre na natureza e no mundo em geral. Porque por mais que alguns filósofos a tratassem como algo contrário à natureza, a similaridade entre muitas obras e máquinas (criados por meio da tecnologia) com os entes naturais é evidência significativa daimportância da tecnologia na evolução do saber. Principalmente o saber a respeito do mundo e de suas particularidades naturais.
Como se poder ver, o dilema entre Platão e Aristóteles é ainda hoje intrigante. Se para Platão os artefatos criados reproduzem algo natural, sempre com alguma imperfeição (característica comum entre as cópias) e, portanto, não existe a criação de algo novo, Aristótelesafirmava que existem tecnologias inigualáveis a qualquer coisa natural. Vejamos que este tema era discutido em tempos nos quais tecnologia se tratava de coisas bem simples (consideração atual) como a confecção de peças de marcenaria ou artesanato, etc. Assim sendo, a discussão ainda é muito atual pois se por um lado a tecnologia surpreende cada vez mais na atualidade com a criação de objetos efacilidades outrora inimagináveis, por outro, ainda não se tem conhecimento da natureza suficiente para afirmar com segurança que o que entendemos como inovador não seja uma mera cópia imperfeita de algo natural.

B) A partir do Renascimento, a visão sobre a técnica e a tecnologia torna-se fortemente positiva. A obra do filósofo inglês Francis Bacon é expressão dessa nova mentalidade. Disserte sobreessa inflexão cultural recorrendo à “Nova Atlântida” e à sua famosa proposição de que “conhecimento é poder”.

Durante um longo período na História o domínio da Igreja focado na minimização da imagem e desvalorização do homem como ser pensante e criador, resultou em uma estagnação tecnológica, que foi denominada Idade das Trevas. O Renascimento, por sua vez, foi o período seguinte ecaracterizou-se por grandes transformações nas áreas científica, filosófica e artística. Recebeu este nome pois apresentou fortes traços de fazer de novo aquilo que já estava esquecido, ou seja, redescobrir a valorizar referências culturais da antiguidade clássica, o que direcionou o momento para um ideal humanista e naturalista.
Neste contexto, diversos pensadores estudaram a função do homem enquantopotencial agente facilitador da humanidade. Discute-se muito sobre a utopia, e para Francis Bacon (1561-1626), ela “deve ser vista como uma forma de tentar ensinar os homens a desejar, mostrando a eles o que seria possível com sua força”. Em Nova Atlântida, o filósofo inglês explicita sua ideia de uma sociedade modelo. Trata-se de um ambiente onde há uma inversão clara nos papéis sociais presentes...
tracking img