Fmea

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4203 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Disciplina Qualidade

FMEA

Wellen O. Andrade No 101647
Rodrigo O. Jaegger No 111435
Guilherme Nunes Soares No 101694
Fabio Henrique Fogaça N° 110794
Guilherme Mariano Nº 101334


Professor: Daniel Bertoli Gonçalves

Sorocaba / SP
29/10/2012

Conteúdo
1 - Introdução 3
2 - Revisão Bibliográfica sobre o tema específico 4
3 -FMEA 4
3.1 Ciclo de FMEA: 4
3.2 - História do FMEA 5
3.3 – Tipos de FMEA 6
2.3.1 FMEA de produto: 6
2.3.2 FMEA de processo: 6
3.4 - Implementação 6
3.5 - Etapas para a Aplicação 7
3.5.1 - Planejamento 7
3.5.2 - Análise de Falhas em Potencial 8
3.5.3 - Avaliação dos Riscos 8
2.5.4 - Melhoria 8
3.5.5 - Continuidade 9
3.6 - Usando FMEA ao projetar 9
3.6.1 - O Pré - Trabalho 93.6.2 - Passo 1: Ocorrência 10
3.6.3 - Passo 2: Gravidade 10
3.6.4 - Passo 3: Detecção 11
3.7 - Número de Risco Prioridade (RPN) 11
3.8 - Momento da FMEA 12
3.9 - Usos da FMEA 12
3.10 - Vantagens do FMEA 13
3.11 - Limitações do FMEA 13
4 - Conclusão 14
REFERÊNCIAS 15

1 - Introdução

A metodologia de Análise do Tipo e Efeito de Falha, conhecida como FMEA (Failure Mode andEffect Analysis), é uma ferramenta que busca, em princípio, evitar, por meio da análise das falhas potenciais e propostas de ações de melhoria, que ocorram falhas no projeto do produto ou do processo.
Este é o objetivo básico desta ferramenta e, portanto, pode-se dizer que se está, com sua utilização, diminuindo as chances do produto ou processo falhar durante sua operação, ou seja, estamosbuscando aumentar a confiabilidade, que é a probabilidade de falha do produto/processo.
Esta dimensão da qualidade, a confiabilidade, tem se tornado cada vez mais importante para os consumidores, pois, a falha de um produto, mesmo que prontamente reparada pelo serviço de assistência técnica e totalmente coberta por termos de garantia, causa, no mínimo, uma insatisfação ao consumidor ao privá-lodo uso do produto por determinado tempo. Além disso, cada vez mais são lançados produtos em que determinados tipos de falhas podem ter consequências drásticas para o consumidor, tais como aviões e equipamentos hospitalares nos quais o mal funcionamento pode significar até mesmo um risco de vida ao usuário.
Apesar de ter sido desenvolvida com um enfoque no projeto de novos produtos e processos,a metodologia FMEA, pela sua grande utilidade, passou a ser aplicada de diversas maneiras. Assim, ela atualmente é utilizada para diminuir as falhas de produtos e processos existentes e para diminuir a probabilidade de falha em processos administrativos. Tem sido empregada também em aplicações específicas tais como análises de fontes de risco em engenharia de segurança e na indústria de alimentos.A análise de modos de falha e efeitos (FMEA) é uma análise de falhas indutiva utilizada no desenvolvimento de produtos, engenharia de sistemas, engenharia de confiabilidade e gestão de operações para análise de modos de falha dentro de um sistema de classificação pela gravidade e probabilidade de falhas. Uma atividade bem sucedida FMEA ajuda a uma equipe para identificar modos de falhapotenciais com base em experiências anteriores com produtos ou processos semelhantes ou com base em lógica comum falha mecanismo, permitindo que a equipe para projetar essas falhas do sistema com o mínimo de esforço e dispêndio de recursos, assim reduzir o tempo de desenvolvimento e os custos. Ele serve como uma forma de revisão de projeto para apagar fraqueza fora do projeto ou processo. É amplamenteutilizado no desenvolvimento e fabricação de indústrias em várias fases do ciclo de vida do produto. Análise de efeitos refere-se a estudar as consequências dessas falhas em níveis diferentes do sistema.

2 - Revisão Bibliográfica sobre o tema específico

Segundo Palady (2005), baseado em Modo de Falha (DRBFM) abordagem. O método é agora suportado pela American Society for Quality, que fornece...
tracking img