Fisiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1661 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual do Maranhão Fisiologia Básica Para Enfermagem

Contração do Músculo Esquelético

FISIOLOGIA
CONTRAÇÃO DO MÚSCULO ESQUELÉTICO Aula 3
Prof. Esp. Rivaldo Lira Filho

INTRODUÇÃO  Cerca de 40 % do corpo é composto por músculo esquelético.  10% por músculo liso e cardíaco OBJETIVOS  Os mecanismos de contração do músculo esquelético.

Estriado esquelético

Estriadocardíaco

Liso

Miócitos longos, multinucleados (núcleos periféricos). Miofilamentos organizam-se em estrias longitudinais e transversais. Contração rápida e voluntária

Miócitos estriados com um ou dois núcleos centrais. Células alongadas, irregularmente ramificadas, que se unem por estruturas especiais: discos intercalares. Contração involuntária, vigorosa e rítmica.

Miócitosalongados, mononucleados e sem estrias transversais. Contração involuntária e lenta.

ANATOMIA FUNCIONAL DO MÚSCULO ESQUELÉTICO


 



A distribuição e localização das fibras musculares – cada extremidade está presa a fortes feixes de tecido conjuntivo chamados tendões – permite que os músculos movimentem diferentes partes de um animal, estando essas presas a um osso ou a outra estrutura,causando o encurtamento da fibra. Os músculos esqueléticos são formados por numerosas fibras. Na maioria dos músculos, as fibras se estendem por todo o comprimento do músculo Cada fibra é inervada por apenas uma terminação nervosa.

A fibra muscular esquelética
As células musculares são multinucleadas, e cada grupo dessas células recebe o nome de fibra muscular – cada fibra muscular é compostapor várias subunidades paralelas chamadas miofibrilas, constituídas por repetições de unidades denominadas SARCÔMEROS – essas são as unidades funcionais do músculo estriado.

Anatomia do músculo

A fibra muscular esquelética
 Sarcolema

- É a membrana da fibra muscular.  Sarcoplasma – líquido intracelular onde ficam suspensas as miofibrilas (K+, Mg, P, enzimas, grande nº. demitocôndrias)  Miofibrilas – filamentos protéicos compostos por actina e miosina  Sarcômero – região da miofibrila entre duas linhas Z

A fibra muscular esquelética
Faixa I – filamentos de actina  Faixa A – filamentos de miosina e extremidades dos filamentos de actina  Faixa H - filamentos de miosina  Disco Z – filamentos de actina (extremidade inicial)


Unidade funcional do músculoFilamentos de miosina Filamentos de actina
Linhas em Z

sarcômero

A fibra muscular esquelética


A miofibrila apresenta faixas claras e escuras.  As faixas claras só contém filamentos de actina – faixas I – são isotrópicas  As faixas escuras contêm os filamentos de miosina e as extremidades dos filamentos de actina onde se entremeiam com os de miosina – faixa A – anisotrópicas  Os pequenosfilamentos de actina estão presos ao chamado disco Z.

MECANISMO GERAL DA CONTRAÇÃO MUSCULAR
Potencial de ação – nervo motor – fibra muscular Secreção da acetilcolina Abertura dos canais de acetilcolina Aumenta a passagem de Na+  Potencial de ação na fibra muscular.  Despolarização da fibra muscular  O Retículo Sarcoplasmático libera Ca++  Os íons Ca++ Provocam forças atrativas entre osfilamentos de actina e miosina  Remoção do Ca++
   

Junção neuromuscular



C:\Documents and Settings\Rivaldo\Meus docContração muscular.exe

MECANISMO MOLECULAR DA CONTRAÇÃO MUSCULAR


MECANISMO DE DESLIZAMENTO DA CONTRAÇÃO.
 Estado relaxado
As extremidades livres dos filamentos de actina derivados de dois discos Z sucessivos, ficam apenas sobrepostos e adjacentes aosfilamentos de miosina.

 Estado contraído
Os filamentos de actina foram tracionados por entre os filamentos de miosina, de modo que passam a se sobrpor uns aos outros por extensões bem maiores. Os discos Z foram puxados pelos filamentos de actina até próximo às extremidades dos filamentos de miosina

A CONTRAÇÃO MUSCULAR OCORRE POR UM MECANISMO DE DESLIZAMENTO DOS FILAMENTOS  Forças...
tracking img