Fisiologia cardiovascular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1490 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Questão 01


a) O indivíduo extensamente queimado apresentou a queda da pressão arterial se devido ao aumento de temperatura, ao choque hipovolêmico e neurogênico. A ativação do sistema parassimpático, leva a vassodilatação, fazendo com que ocorra queda de pressão arterial (PA). Associado ao aumento de temperatura, que aumenta da permeabilidade vascular, devida a liberação de substânciasvasoativas como a liberação de bradicinina, reduzindo a PA. O grande queimado, perde a proteção natural do organismo contra a perda de líquidos (a pele) havendo extravasamento de proteínas, principalmente a albumina, o que aumenta a perda de água, diminuindo ainda mais o volume plasmático, também ocorre lesão nos vasos que pode levar a hemorragia tudo isso resultando no choque hipovolêmico.Associado a estes fatores a vasodilatação periférica inicia o processo de insuficiência circulatória periférica que aliado ao aumento da perda de líquido culmina na queda de pressão arterial.


b) A lesão de vasos sanguíneos leva a uma perturbação da hemostasia, ocorrendo à ativação dos fenômenos didaticamente conhecidos como cascata de coagulação, com a formação de uma massa no interior dosvasos, constituído basicamente de hemácias, plaquetas e uma rede de fibrina, para impedir a hemorragia. A dor apresentada pelo paciente, portanto no membro inferior direito pode ser devido ao fato da formação de um trombo venoso profundo e consequentemente a redução de perfusão sanguínea (isquemia).

c) A dispnéia e a diminuição da PO2 devem-se ao desprendimento de um ou vários êmbolo sólidoresultantes das extensas lesões vasculares, que levam a trombo embolia pulmonar.


Questão 02

Pacientes com hipoalbuminemia apresentam pressão oncótica reduzida, consequência da perda de proteínas séricas, o que leva a formação de edema (saída de líquido dos vasos para o interstício) com conseqüente redução da volemia. Com a redução do volume sanguíneo, o sistema renal tentaimediatamente fazer o balanço de líquidos e volumes corpóreos. Se a volemia esta diminuída, o volume a ser excretado também deve ser diminuído, a fim de reestabelecer a volemia e a pressão arterial a níveis normais. Portanto o paciente apresenta um quadro de oligúria.


Questão 03


Níveis de aldosterona neste paciente estão aumentados. Como a volemia esta diminuída a pressão arterial também estadiminuída. Portanto o sistema renal percebe a perturbação, principalmente a diminuição de perfusão, e ativa o sistema renina-angiotensina-aldosterona, pois este promove efeitos como vasoconstrição, reabsorção de sódio nos túbulos distais, eliminação de íons potássio e hidrogênio na tentativa de elevar a pressão arterial. Só que com a pressão oncótica baixa nos capilares, ocorre à manutenção naformação do edema e a produção de aldosterona continua sempre em níveis altos.


Questão 04


A estenose de válvula aórtica provoca a sobrecarga no ventrículo esquerdo, levando ao aumento da massa ventricular (hipertrofia) para tentar reestabelecer o débito cardíaco. Quando há espessamento da parede ventricular esquerda, a direção do eixo elétrico no coração muda devido a maior massamuscular a ser despolarizado. Também o tempo de propagação da onda despolarizante fica aumentado, ou seja, será retardado, uma vez que a massa muscular esta maior. Essas alterações é que provocam, o alargamento do QRS, o aumento da voltagem e eixo -60°C.

Questão 04


a) Diastólica. Porque durante o relaxamento o sangue no pericárdio passa a fazer compressão nas câmaras cardíacas,diminuindo o volume de preenchimento, o que diminui o débito cardíaco, justificando a redução progressiva de pressão arterial.




Questão 05


a) Uma provável lesão renal, o que levou ao paciente a perde de proteínas plasmáticas, principalmente a albumnia, levando a um quadro de hipoalbuminemia.


b) Sim. Pois quando o paciente é diabético ou apresenta um quadro...
tracking img