fisica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1702 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ
FACULDADE DE ENGENHARIA CIVIL
DISCIPLINA FÍSICA EXPERIMENTAL APLICADA




RELATÓRIO LABORATORIAL DE FÍSICA
LEI DE HOOKE



ALUNOS:
Alberson de Aguiar Ferreira, xx.
Naum John dos Santos Almeida, 12135000418
Patrícia Mota Milhomem, 12135004018.
Thais Valadares Oliveira, 12135000918.

TUCURUÍ – PARÁ
FEVEREIRO DE 2013AUTORES:
Alberson de Aguiar Ferreira
Naum John
Patrícia Mota Milhomen
Thais Valadares Oliveira







LEI DE HOOKE



Relatório requerido junto aos demais para a avaliação das habilidades desenvolvidas nos experimentos realizados durante as aulas de Física Experimental Aplicada ministrada por Vicente Ferrer para a Faculdade de Engenharia Civil da Universidade Federal do Pará– Campus Tucuruí, Turma de 2012.


TUCURUÍ – PARÁ
FEVEREIRO DE 2013
RESUMO

A abordagem deste trabalho retrata o experimento praticado por seus autores no laboratório de Física da Universidade Federal do Pará – campus Tucuruí –, baseando-se em características da lei de Hooke, a fim de estabelecer a constante elástica K das molas utilizadas.
Através dos equipamentos disponibilizados, foipossível coletar as medidas das deformações das molas – após nelas colocarem-se pesos – e das massas dos pesos, tornando mais simples a determinação deste coeficiente elástico. Os resultados obtidos foram expostos através de discussões e, para facilitar a visualização do concluído pelo experimento, fez-se a montagem de tabelas e gráficos.

Palavras-chave: Lei de Hooke, coeficiente elástico,constante elástica.





















LISTA DE FIGURAS

Figura 1 - Figura dos materiais necessários 7
Figura 2 - Posições adotas pelas molas 8
Figura 3 - medindo 12
Figura 4 - djjfjdhfjdhfj 12
Figura 5 - kfdakfkjkfjka 13


































SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 6
2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 7
2.1 LEI DE HOOKE 7
3OBJETIVOS 7
4 MATERIAIS 7
5 PROCEDIMENTOS EXPERIMENTAIS 8
6 RESUTADOS E DISCUSSÕES 8
7 CONCLUSÃO 13
REFERÊNCIAS 14

















1. INTRODUÇÃO

Este mdmfmdnfmndfdnfbdnfbrelatório apresenta os resultados obtidos para o experimento relacionado à lei de Hooke, sendo eles coletados com o objetivo de calcular o coeficiente elástico das molas. Foram adquiridos a partir derepetidos testes, com variados pesos, para apenas uma mola e também para duas, estando elas inicialmente em série e, depois, em paralelo.
Houve a realização de diversos proced
Ffd

Dfdf


Fdf
imentos, entre eles a montagem e a regulagem dos equipamentos, que foram essenciais na determinação de resultados satisfatórios, na discussão dos mesmos e na elaboração de suas tabelas e gráficos.Considerando sempre métodos de aproximação, conforme a teoria dos erros, para uma maior precisão e melhor visualização dos dados.





























2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

1 LEI DE HOOKE

Qualquer matéria na qual uma força atue sofrerá deformação, ainda que ela não seja visível. Apertar ou torcer uma borracha, esticar ou comprimir uma mola, puxar a pele, sãosituações de deformação observadas com facilidade. A lei de Hooke é, então, aquela que define a força de restauração que surge quando sistemas são alongados ou comprimidos, tendendo a leva-los de volta a seu estado de origem. Força esta que permite o cálculo de uma constante elástica (K), específica para cada corpo e obedecida até certo limite, onde a deformação da mola (ou de outro corpo) se tornapermanente, deixando de existir uma força restauradora. [1]
A lei de Hooke está demonstrada pela Fórmula 01.
(01)

Onde o sinal de menos faz menção a uma força igual, porém oposta a aplicada durante a deformação (x)
3 OBJETIVOS

Comprovação da lei de Hooke e determinação do valor aproximado da força restauradora atuante em uma...
tracking img