Filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2103 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TALES DE MILETO: quem foi e qual sua contribuição para a origem da filosofia?
Samuel Vinhas Quadros

RESUMO
Estudo da vida e obra do filósofo grego Tales de Mileto. Aborda a pessoa de Tales, revelando na sua biografia quem foi e o que fazia este filósofo. Mostra como ele é conhecido na história da filosofia. Relata a visão de Tales a respeito do princípio de todas as coisas. Afirma que Taleselegeu a “água” como o princípio do Cosmos e diz o porquê dessa escolha. Aborda também a contribuição deste filósofo para a origem da filosofia grega e ocidental com a proposição “Tudo é um”. Mostra que com Tales há uma distanciação do pensamento mítico e um exercício do pensamento racional, deixando de lado as percepções sensíveis.
Palavras-Chave: Tales, Princípio, “Água”.

1 INTRODUÇÃO

A filosofiagrega tem seu início, por volta do século VI a. C. os gregos construíam teorias filosóficas a respeito do universo, do cosmos. Eles buscavam dar uma explicação racional à realidade, dessa forma, surgiram as várias escolas filosóficas gregas. A escola Jônica foi a primeira.
A escola jônica tem com fundador Tales de Mileto. Este primeiro pensador, assim como os demais, teve como problema filosóficoa descoberta de um princípio (arché) que explicasse a origem de tudo o que existe. Como Tales foi o primeiro a meditar a respeito desse princípio, é dado a ele o título de iniciador da filosofia da physis. A ele também é atribuído o começo da filosofia grega e ocidental.
Como já foi dito, Tales foi o primeiro a meditar a questão do principio das coisas, dessa forma ele concebeu a ideia de quedeveria existir um único princípio originário, que daria existência a todas as coisas, para tanto ele nomeou como matéria primordial, do qual tudo deveria sua origem, a “água”.
É com essa valiosa afirmação que surge a filosofia e, é com essa afirmação que Tales propõe aos gregos uma nova visão de mundo, baseada na racionalidade. Tales desperta nos gregos o exercício da consciência crítica,afastando-os do pensamento mítico, para assim pensarem racionalmente.
Neste trabalho será tentado destacar a importância do grande filósofo Tales de Mileto, respondendo os seguintes questionamentos. Quem foi Tales de Mileto? Qual foi a contribuição do seu pensamento para a origem da filosofia? De que forma ele explicava a origem de todas as coisas?
Este trabalho pretende refletir e conhecer o filósofo Talesde Mileto e a profundidade do seu pensamento, uma vez que, este tal pensamento causou uma grande revolução na sociedade grega da época, pois ia contra a religião e exigia dos gregos a capacidade de pensarem racionalmente.
Para que haja um melhor entendimento deste estudo, será usada uma abordagem de análise qualitativa, que segundo Costa (2001, p. 62) “é aquela que se preocupa com uma realidadeque não pode ser quantificada, trabalha com o subjetivo dos sujeitos e que se pode trabalhar com dados”. A pesquisa será de caráter bibliográfico, ou seja, aquela feita em livros, revistas e jornais. Serão usados como fontes bibliográficas os seguintes autores: Reale (2011); Störig (2009); Teles (1976) e; Coleção Os Pensadores, além de sites, tudo isso, para que o trabalho possa mostrar quem foiTales de mileto e sua contribuição para a origem da filosofia.
Os tópicos pelos quais será desenvolvido o trabalho serão representados da seguinte forma: o primeiro irá apresentar a pessoa de Tales, onde nasceu, quem foi, e o que representa para os gregos. No segundo mostrará o pensamento de Tales sobre o princípio de originário te todas as coisas, como deveria ser esse tal princípio e o porquê desua escolha ser a água. No terceiro tópico será abordada a contribuição do pensamento de Tales para a origem da Filosofia grega e ocidental, destacando as consequências dessa nova abordagem realizada por Tales.

2 QUEM FOI TALES DE MILETO?

Tales é de ascendência fenícia, nasceu em Mileto na Jônia por volta de 624/25 e faleceu aproximadamente em 556/58 a. C. não se pode afirmar com exatidão dados...
tracking img