Filho de um deus menor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (273 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Desenho sonhos que não vês, momentos que não sentes, sentimentos que não tocas. Sou apenas alguém que se vai perdendo na tua definição deindiferença. Desgraçado de mim...Sou rei invisível num mundo de Realistas aonde se complicam as coisa simples da vida, a onde se escondem os lugares maissecretos do eu e do tu, a onde as minhas recordações ficam aprisionadas em queda momento…momentos que para ti são banais mas que para mim sãoespeciais.
Corro de modo incerto contra a tempestade da tua alma na esperança de te trazer um raio de sol…Umas vezes consigo trazer-te o sol daminha vida outras vezes apenas um raio de carinho. Navego no mar do teu olhar como marinheiro sem destino na esperança de encontrar a rota do teucoração, coração esse que é tão frágil no teu íntimo, mas guerreiro quanto ao que eu sinto.
Não te vejo literalmente mas sinto-te nas palavras queos teus lábios doces e finos segregam quando falas com o narrador que há em mim, no silêncio do teu sorriso, na festa da tua gargalhada, no stressdos teus nervos, na dor das tuas lágrimas eu vejo-te…Sinto-te…Admiro-te…
Dizes-me que te sentes observada com o meu olhar, mas eu digo-te quesão os teus olhos que absorvem o meu ar… Talvez seja por isso que os meus sentimentos transparentes não sejam contados juntamente com os filhos deAdão, mas sim com os Filhos de um deus menor… Ó desgraça a minha!!! Que tudo que eu escrevo e invento é apenas um esforço para alcançar o vento.
tracking img