Fidel castro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2065 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário

Introdução 3
Fidel Castro Ruz 4
Resultados 7
Conclusão 8
Bibliografia 9
Introdução

O presente trabalho tem por objetivo relatar a vida de Fidel Castro, principalmente sobre seu governo em Cuba.
É necessário, através da leitura deste tema, levar a todos para uma reflexão sobre como foi a vida de Fidel Castro até o cargo ser passado para seuirmão Raul Castro.
Veremos que não se pode ver perspectiva de democracia em Cuba num futuro próximo.

Fidel Castro Ruz

Em 1953, levado a julgamento pelo crime de ter enviado seus primeiros seguidores para um ataque suicida a um quartel, o jovem advogado Fidel Castro Ruz assumiu a própria defesa e o fez de forma magnífica. Antecipando a retórica magnética, grandiosa, arrogante, mas farsescaque o caracterizaria pelo resto da vida política, disse aos juízes: "A história me absolverá". Passou-se mais de meio século e, aos 81 anos, conceda-se, Fidel está diante do tribunal da história. Visto o sofrimento que infligiu ao povo durante 49 anos como senhor absoluto de Cuba, a absolvição está fora de cogitação.
Todo político tem de ser bom mentiroso. Para ser Fidel é preciso, no entanto,ser um grande farsante. Ele é um dos maiores que a história conheceu. É presidente de uma nação paupérrima, mas vive como um cônsul romano que come lagostas quase todos os dias. Vive cercado de um aparato de segurança que parece um bunker ambulante. Inventa que é um homem simples que às vezes anda só pelas ruas, como um filósofo peripatético absorto em uma paisagem idílica.
Desde os primeirosmomentos da revolução que o levou ao poder, em janeiro de 1959, Fidel mostrou a utilidade política de um grande fingidor. Quando começaram os julgamentos sumários com o objetivo de criar um clima de terror e matar os inimigos, e até alguns amigos políticos, Fidel não aparecia como carrasco nem como juiz. Fingia não se envolver. Em uma aparição famosa, ele vai ao tribunal do júri e faz um discursomercurial: "Que esta revolução escape da maldição de Saturno. E que é a maldição de Saturno? É o dito clássico, o refrão clássico de que, como Saturno, as revoluções devoram seus próprios filhos. Senhoras e senhores deste tribunal, que esta revolução não devore seus próprios filhos”. Naquele mesmo dia, dois jovens combatentes comunistas urbanos que não lutaram na guerrilha rural de Castro foramcondenados à morte. A revolução devorava alguns de seus próprios filhos. Mas o que ficou foi o discurso inflamado com referências eruditas. Isso só Funciona em Cuba, que tem Fidel e algumas outras características que ajudam esse tipo de farsa a passar por verdade. Ajuda muito banir a imprensa, dominar a televisão e o rádio, proibir a entrada de jornais estrangeiros no país e impedir os cidadãos deviajar para o estrangeiro. Ajuda enjaular por tempo indeterminado, e sem juízo formado, toda a oposição. Ajuda muito abolir as liberdades individuais e ser o ditador de uma ilha, um país-cárcere. Eis a grande obra de Fidel Castro em meio século de governo.
Cuba tem um presidente, mas não uma Presidência. Fidel Castro é a revolução. Lealdade ao estado cubano é a lealdade a Fidel. Naturalmente, à medidaque se aproxima o dia de seu desaparecimento, a questão da sucessão provoca tremenda incerteza e instabilidade potencial. Sobretudo porque em ditaduras personalistas a sucessão para valer geralmente só pode ocorrer depois da morte do grande cacique, mesmo que ele tenha passado muito tempo incapacitado de governar. Em julho de 2006, sabendo-se entre a vida e a morte, ele foi forçado a delegar aoirmão, Raúl, o título de presidente em caráter provisório. O anúncio de que não mais voltará ao cargo ocorreu seis dias antes de a Assembléia Nacional aprovar o novo Conselho de Estado e seu presidente. Enquanto estiver neste mundo, Fidel continuará a ser a voz forte nas decisões estratégicas.
Fidel Castro liderou uma revolução cara à imaginação da esquerda latino-americana. Sobreviveu à...
tracking img