Fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3534 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FICHAMENTO - PLATÃO : APOLOGIA DE SÓCRATES

Primeira Parte
Sócrates apresenta a sua defesa 1ª parte: Apresentação/discurso
I
Mas, entre as muitas mentiras que divulgaram, uma, acima de todas, eu admiro: aquela pela qual disseram que deveis ter cuidado para não serdes enganados por mim, como homem hábil no falar. (Consolida a explicação que fará diante do tribunal)

II Como será odiscurso de defesa no tribunal
Mais temíveis porém são os primeiros, ó cidadãos, os quais tomando a maior parte de vós, desde crianças, vos persuadiam e me acusavam falsamente, dizendovos que há um tal Sócrates, homem douto, especulador das coisas celestes e investigador das subterrâneas, e que torna mais forte a razão mais fraca. Esses, cidadãos atenienses, que divulgaram tais coisas, são os acusadoresque eu temo; (As acusações feitas à Sócrates eram de duas maneiras: 1. Os que moveram o processo primeiro;. 2 E os mais antigos. Começa aqui a investida socrática para desfazer tal conceito (falso) sobre ele) pois aqueles que os escutam julgam que os investigadores de tais coisas não acreditam nem mesmo nos Deuses. Esses acusadores são muitos e me acusam há muito tempo; e, além disso, vos falavamnaquela idade em que mais facilmente podíeis dar crédito, quando éreis crianças e alguns de vós ainda muito jovens, acusando-me com pertinaz tenacidade, sem que ninguém me defendesse. E o que é mais absurdo é que não se pode saber nem dizer os seus nomes, exceto, talvez, algum comediógrafo. (Início das acusações)
De resto, seja como Deus quiser: agora é preciso obedecer à lei, e me defender.(Visão socrática sobre o curso teológico da história).

III Acusadores
É necessário ler a ata da acusação jurada por esses acusadores: Sócrates comete crime e perde a sua obra, investigando as coisas terrenas e as celestes, e tornando mais forte a razão mais débil, e ensinando isso aos outros. (Sócrates usa o recurso da arguição (acusar/denunciar) dos presentes)

IV
Na realidade, nada disso éverdadeiro e, se tendes ouvido de alguém que instruo e ganho dinheiro com isso, não é verdade. (Sócrates consulta a Cálias, sobre a educação de seus filhos).
E eu suponho Eveno muito feliz se verdadeiramente possui essa arte e a ensina com tal garbo. Mas o que é certo é que também eu me sentiria altivo e orgulhoso, se soubesse tais coisas; entretanto, o fato é, cidadãos atenienses, que eu nãosei. (Razão da desgraça socrática).

V
(Sabedoria humana: Sócrates é o mais sábio dos homens (filósofos). Porque eu, cidadãos atenienses, se conquistei esse nome, foi por alguma sabedoria.
(Sócrates busca o testemunho de infância de Querofonte, em consulta a Pitonisa).Uma vez, de fato, indo a Delfos, ousou interrogar o Oráculo a respeito disso e – não façais rumor, por isso que digo –perguntou-lhe, pois, se havia alguém mais sábio do que eu. Ora, a Pitonisa respondeu que não havia ninguém mais sábio. E a testemunha disso é teu irmão, que aqui está.

VI
que queria dizer o Deus e qual é o sentido de suas palavras obscuras? Sei bem que não sou sábio, nem muito nem pouco: (Consideração socrática sobre a sabedoria)
Parece, pois, que eu seja mais sábio do que ele, nisso ainda queseja pouca coisa: não acredito saber aquilo que não sei.

VII
procurar, pois o que queria dizer o Oráculo, eu devia ir a todos aqueles que diziam saber qualquer coisa.
pareceu-me que os mais estimados eram quase privados do melhor, e que, ao contrário, os outros, reputados ineptos, eram homens mais capazes, quanto à sabedoria. (Do político que se adjetivava sábio) Depois dos políticos, fui aospoetas trágicos.
Em poucas palavras direi ainda, em relação aos trágicos, que não faziam por sabedoria aquilo que faziam, mas por certa natural inclinação e intuição, assim como os adivinhos e os vates; e em verdade, embora digam muitas e belas coisas, não sabem nada daquilo que dizem. (Conclusão com relação aos poetas).

VIII
(Sobre os artesãos Sócrates infere) Mas, cidadãos atenienses,...
tracking img