Fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2574 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
Universidade Federal do Pará
Instituto de Filosofia e ciências humanas
Faculdade de geografia e cartografia
Docente: Prof. Edinaldo
Discentes:
• Rafael Dias N°11035001201
• Mailson Moraes N°11035002301











Belém, 2011
IDENTIFICAÇÃO DA OBRA


Milton Santos concebeu este livro, em colaboração de Denise Elias, com o objetivo de debater algumas realidadesdo presente e os conceitos delas resultantes. Para isso, procura situar a geografia no contexto do mundo atual nos dois capítulos iniciais do livro, buscando nos demais rediscutir categorias tradicionais e sugerir algumas linhas de reflexão metodológica, tomando como ponto de partida as metamorfoses do espaço habitado. Para o autor, não é suficiente falar do espaço, mas é preciso definir categoriasde análise e defini-lo à luz da história concreta, diferenciando-o, assim, da paisagem e da configuração territorial, ainda que estas compareçam como categorias fundamentais para seu entendimento. Nessa discussão, tem papel fundamental o reconhecimento da imbricação crescente entre o natural e o artificial, tema que permite retomar a discussão sobre a dicotomia entre geografia física e geografiahumana.







































OBJETIVOS DA OBRA

No livro “Metamorfoses do espaço habitado”, Milton Santos é um otimo teórico, pois este livro, uma ferramenta fundamental para estudar o espaço geograficamente, espaço este, dirigido e, por conseguinte, relacionado à sociedade, porque ele expõe fatores para melhor compreensão das modelagense, intrinsecamente, remodelagens do planeta terra, isto é, transformações e, retransformações das formas da superfície terrestre pelos conteúdos (atividades humanas).
O livro revela a necessidade geográfica de entender os fatores de periodização para entender aspectos urbanos, por exemplo, pois são os diferentes agentes socioespaciais e, suas técnicas ao longo da história de um espaço geográficoque, influenciam as outras manifestações humanas, assim como, os novos papéis das ciências empíricas e epistemológicas.
Daí, para Milton Santos, o espaço é entendido como dinâmicas dirigidas pela sociedade, pois o espaço é considerado como uma instância social. E, Milton Santos, observa que a sociedade está espalhada pela superfície terrestre, onde existem regulamentos para viver como social, oautor, observa o papel fundamental da ciência geográfica, sendo a ciência do espaço do Homem, no espaço geográfico. Tendo, enfim uma visão holística.
Contudo, o livro “Metamorfoses do espaço habitado” é uma importante base teórica para avaliar as mudanças espaciais dirigidas pelas produções culturais (como, as diversas atividades humanas), Milton Santos  argumenta e defende de maneira articuladaque, são necessárias mudanças rápidas e contínuas com a realidade mundial e suas formas de análises geográficas, pois, daí terá engrenagens essenciais para as totalidades, isto é, a visão do mundo em sistemas (holístico, total) que, produz sensibilidades e flexibilidades com as realidades e totalidades do mundo, pois, desse modo e, portanto, são necessárias mudanças nobres nas atitudes sociais,para que se possam contornar os grandes problemas mundiais (como as desigualdades sociais, econômicas, culturais, a fome, a perversidade do capitalismo etc.), porque são proporcionados pelas percepções.
Observa-se no livro a expansão da população e seu significado no espaço habitado, assim como, suas heterogeneidades, suas misturas, suas hierarquias urbanas entre cidades coabitadas, por exemplo,para melhor compreender os espaços geográficos e suas metamorfoses de espaços habitados e, por conseguinte, usar conceitos categóricos da Geografia numa abordagem integradora, isto é, horizontal, ou mesmo, de ótica sistêmica, vendo as totalidades com divisões que complementam seu entendimento geral.






RESUMO DA OBRA

O nosso espaço é modificado ao longo das épocas e com ele o nosso...
tracking img