Fichamento identidade cultural na pos modernidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fichamento

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade; tradução de Tomaz Tadeu da Silva, Guacira Lopes Louro. – 10°. ed. – Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

No capítulo 1 do livro “A Identidade cultural na Pós-Modernidade”, Stuart Hall busca avaliar se estaria ocorrendo uma crise com a identidade cultural, em que consistiria tal crise e qual seria a direção da mesma em momentopós-moderno.
Este livro é escrito a partir de uma posição basicamente simpática à afirmação de que as identidades modernas estão sendo “descentradas a identidade cultural na pós- modernidade. As identidades, que por muito tempo estabilizaram o mundo social, estão em declínio, fazendo surgir novas identidades e fragmentando o individuo moderno, até então visto como sujeito unificado. A identidade surgede nossos “pertencimentos” a cultura, étnicas, raciais, lingüísticas, religiosas e, acima de tudo, nacionais. o conceito de identidade é demasiadamente complexa, muitas pouco reconhecidas e compreendidas na ciência social contemporânea.
Um tipo de mudança estrutural esta transformando as sociedades modernas no final do século XX. Isso está fragmentando as paisagens culturais de classe, gênero,sexualidade etnia, raça e nacionalidade que no passado, nos tinham fornecido sólidas localizações como indivíduos sociais. Estas transformações estão também mudando nossas identidades pessoais, abalando que temos de nós mesmos como sujeitos integrados. Esta perda de um "sentido de si' estável é chamada de deslocamento ou descentralização do sujeito, esses deslocamentos ou descentração dos indivíduostanto de seu lugar no mundo social e cultural quanto de si mesmo- constitui uma "crise de identidade" para o indivíduo.
Há três concepções muito diferente de identidade: A) sujeito do Iluminismo B) sujeito sociológico C) sujeito pós moderno. O sujeito iluminista está baseado na concepção da pessoa humana como um individuo totalmente centrado, unificado, dotado das capacidades de razão, deconsciência e de ação, pela primeira vez que o sujeito nascia e com ele se desenvolvia, ainda que permanecendo essencialmente , continuo ou idêntico a ele ao longo da existência do individuo. O centro essencial do EU era a identidade de uma pessoa.A noção do sujeito sociológico refletia a complexidade do mundo moderno a consciência de que este núcleo interior do sujeito não era autônomo e auto-suficiente,mas era formado na relação com outros pessoas importantes por ele, que mediavam para o sujeito os valores, sentidos e símbolos a cultura do mundo que ele o habitava. Aqui a identidade é formada na "interação" entre o eu e a sociedade. O sujeito ainda tem um núcleo ou essência interior que é o eu real. Mas este é formado e modificado num diálogo continuo com os mundos culturais “exterior" e asidentidades que esses mundos oferecem. A identidade, nessa concepção sociológica, preenche o espaço entre o interior e o exterior entre o mundo pessoal e o mundo publico. O fato de que projetamos a nós próprios nessas identidades culturais e ao mesmo tempo internalizamos seus significados e valores, tornando-os parte de nós, contribui para alinhar nossos sentimentos subjetivos com os lugaresobjetivos que ocupam no mundo social e cultural. A identidade então costura o sujeito a estrutura. Estabiliza tanto os sujeitos quanto os mundos culturais que eles habitam tornado ambos reciprocamente mais unificados e pré-dizíveis.
Através desses fatos, o que exatamente essas coisas que estão mudando. O sujeito previamente vivido como tendo uma identidade unificada e estável, está se tornandofragmentado, composto não de uma única mais de várias identidades, algumas vezes contraditórias ou não resolvidas, as identidades que compunham as paisagens sociais. La fora e que asseguravam nossa conformidade subjetiva com as necessidades objetivas da cultura, estão entre tanto em colapso, como resultado de mudanças estruturais e institucionais. O próprio processo de identificação, através do qual nós...
tracking img