Fichamento do texto fundamentos de cartografia ( paulo araújo duarte).

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2030 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS- C.C.H
CURSO DE GEOGRAFIA
DISCIPLINA DE CARTOGRAFIA
PROFESSORA: MESTRE ANA PAULA PINHO PACHÊCO
ALUNO: FRANCISCO DEFRISIO MENDES
FICHAMENTO DO TEXTO FUNDAMENTOS DE CARTOGRAFIA
( PAULO ARAÚJO DUARTE).

SOBRAL/ SETEMBRO/ 2011.
Desde as épocas mais remotas, o homem vem utilizando-se da confecção de mapas como meio dearmazenamento de conhecimentos sobre a superfície terrestre, tendo como finalidade principal, não só conhecer mas, muito principalmente, administrar e racionalizar o uso do espaço geográfico envolvente. Tais documentos, eram no passado, muito rudimentares, confeccionados de acordo com as técnicas e materiais então disponíveis. Mas eram o começo de uma caminhada em direção ao que hoje conhecemos porCartografia. (pág. 19)
Quem me dera ter a faculdade de contar uma história como o faz um mapa. (...) Os mapas são a nossa literatura mais antiga, anterior ainda aos livros. Aposto que foi com o mapa que os seres humanos comunicaram se entre si pela primeira vez. (Morgan, 1989, p. 89). (pág. 19)
A confecção de mapas parece ser anterior á escrita. Há muitos registros que comprovam que os mais variadospovos nos legaram mapas, tais como babilônios, egípcios, maias, esquimós, astecas, chineses, além de outros, cada qual refletindo aspectos culturais próprios de sua sociedade. (pág. 20)
Ao tratarmos da história da Cartografia, devemos ter o cuidado de evitar transmitir apenas uma visão ocidentalizada, isto é, eurocêntrica, pecando por não reconhecer a grande diversidade de formas de representação doespaço no mosaico universal de culturas. Cada sociedade, refletindo determinados aspectos culturais, tem ou teve alguma forma de perceber e de produzir imagens espaciais. (pág. 21)
É sempre conveniente chamar a atenção para a necessidade de se refletir sobre o fato de cada cultura possuir determinadas concepções do espaço e do tempo, as quais não podem ser menosprezadas e, muito menos,comparadas ou julgadas segundo modelos ocidentais europeus. De maneira geral, o modelo eurocêntrico tradicional de ver a história dos mapas, que valoriza e superestima seu uso prático e científico, costuma desprezar ouso mítico, psicológico e mesmo simbólico. Isto significa que, em certos momentos, não se pode querer a supremacia das representações fundamentadas na exatidão numérica. (pág. 21)
Muitas têmsido as descobertas comprovando a preocupação de povos antigos no que diz respeito à confecção de modelos reduzidos da superfície terrestre, mostrando elementos de seus interesses. (pág. 22)
Em alguns mapas percebe se a influência das três principais religiões- budismo, hinduísmo e jainismo, como a representação centralizada do monte sagrado Sumeru; aparecendo os mundos inferiores em que asalmas ficariam transitando. (pág. 23)
Os mitos e preceitos religiosos também estiveram presentes, influenciando a Cartografia. O ponto central de alguns mapas antigos era ocupado por uma montanha ( monte Sumeru dos budistas; monte Meru dos hinduístas) ou por cidades (Jerusalém dos cristãos; Meca dos mulçumanos). Além disso, a preocupação com a viagem espiritual nos céus levou muitos povos a teremmapas orientadores de tais viagens (no Egito antigo, os ataúdes eram decorados com mapas e citações do Livro dos Mortos ). (pág. 26)
Para nós, que temos uma formação sob forte influência da visão eurocêntrica, parece estranho um mapa que não tenha a Europa no centro e o meridiano de Greenwich dividindo o planisfério em duas porções: uma a leste e outra a oeste. (pág. 26)
A China pode ser citadacomo outra região em que a Cartografia deixou marcas de grande valor histórico. Sabe-se que a Cartografia chinesa já era bastante desenvolvida muito antes que na Europa começasse a se destacar os primeiros trabalhos neste campo do conhecimento humano. Em muitos lugares da China foram encontrados documentos antigos bastante valiosos que comprovam a preocupação dos governantes em mapear as riquezas...
tracking img