Fibra de vidro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3226 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Materiais e Aditivos II -

PA com Fibra de Vidro

Introdução:

O emprego de materiais plásticos reforçados com outros materiais, geralmente de natureza fibrosa, em elementos estruturais não é mais um desenvolvimento recente. Com efeito, as chapas conhecidas pelo nome comercial de “Fórmica” vem sendo empregadas desde o início do século e se enquadram, a rigor, nessa categoria.A partir de 1940, e principalmente em função de necessidades da 2ª grande guerra, começou a utilização da fibra de vidro como elemento de reforço de peças moldadas em resinas poliéster. Finalmente foram produzidas carcaças de proteção para as antenas de radar em veículos militares (caças e bombardeiros). Esses elementos de proteção deviam ser suficientemente fortes para resistir às cargasaerodinâmicas, dimensionalmente estáveis sob temperaturas externas, resistentes ao tempo e transparentes às freqüências ultra-elevadas dos pulsos de radar, condição esta que excluía qualquer solução metálica.
O uso de fibra de vidro como elemento de reforço dominou amplamente as primeiras décadas do desenvolvimento dos materiais compostos. Somente nas ultimas décadas surgiram outras fibrasapresentando perspectivas e substituir com vantagem às fibras de vidro em compostos termoestáveis e termoplásticos. Destacam-se, aqui, as fibras de grafite, carbono boro e asbesto, ou os monocristais filamentares, entretanto essas soluções mais modernas são, em geral, de aplicações limitadas em face de seu custo mais elevado.

Generalidade:
As características que as recomendam para emprego comoelemento de reforço em materiais compostos são:
✓ Elevada relação entre resistência mecânica e peso;
✓ Elasticidade perfeita;
✓ Propriedades térmicas atrativas: são incombustíveis; retém boa parte de sua resistência a temperaturas elevadas (50% a 370°C, 25% a 540°C): possuem baixo coeficiente de dilatação e elevada condutividade térmica;
✓ Não absorvem umidade, nãoapresentando, por isso, problemas de inchamento, alongamento ou desintegração;
✓ Notável estabilidade dimensional;
✓ Excelente resistência a corrosão;
✓ Excelentes características elétricas;
✓ Baixo custo

Aplicação em inúmeros campos:
✓ Transportes: carcaças de automóveis e caminhões, componentes para ônibus e tratores, motocicletas e veículos especiais;✓ Construção: elementos estruturais, pisos, painéis, formas de concreto;
✓ Naval: cascos para barcos, navios e submarinos, reservatórios de água, dutos de ventilação, bóias, docas flutuantes;
✓ Processamento d materiais: bandejas farmacêuticas e industriais, caixas, tubulações, tanques de armazenagem;
✓ Elétricas: aplicações em transformadores, motores,geradores, sistemas de chaveamento e equipamentos eletrônicos;
✓ Esportes: varas de pescar, arcos e flechas, tacos de golfe, bastões, varas, raquetes, esquis, capacetes protetores, equipamentos de piscinas e parques;
✓ Mobiliário: poltronas, bancos de praça, mobiliário de escolas e auditórios, assentos de ônibus;
✓ Química: tanques de armazenamento, tubulações e dutos deindústria química, em face de sua resistência ao ataque e a corrosão.
✓ Militares e aeroespaciais: carcaças de foguetes, hélices, vasos de pressão, barcos de assalto.

Fibras de vidro, em várias composições distintas, são produzidas como filamentos contínuos, com muitos metros de extensão, ou com filamentos curtos, com até meio metro de extensão. Filamentos contínuos são, em geral,trefilados de um manancial de vidro derretido, a velocidade da ordem de 3 km/min. Fibras curtas são fabricadas por um processo de sopro, pelo qual se dirige vapor ou gás aquecido sobre vidro fundido. As fibras produzidas pelos dois processos podem ser apresentadas como feixes, fios ou cordas, torcidos ou trançados. Fios de fibra de vidro, por outro lado, podem ser apresentados como tecidos ou...
tracking img