Fgguyg

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 44 (10766 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LIVRO DE REGRAS
REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES
MANUAL DE FORMATAÇÃO DE COMPETIÇÕES

Sumário

PágINA 3

LiVro DE rEGrAS

PágINA 31

rEGuLAmENTo GErAL DE ComPETiÇÕES

PágINA 37

mANuAL DE FormATAÇÃo DE ComPETiÇÕES

lIvro de regrAs

1
1.1

ArTiGo 1º – ArbiTrAGEm
Autoridade do árbitro

1.1.1

O árbitro é a autoridade máxima de cada luta.

1.1.2

O resultado decada luta proclamado pelo árbitro é soberano.

1.1.3

O resultado proclamado de uma luta só poderá ser alterado nos seguintes casos:
• Se houver interpretação errada do placar.
• Se o atleta declarado vencedor tiver finalizado o adversário utilizando golpes restritos não observados pelo árbitro.
• Se o atleta tiver sido desclassificado por ter aplicado golpe permitido. Nesse caso, quando ainterrupção da luta e a desclassificação acontecerem antes do atleta que sofreu o ataque ter batido, o combate retornará ao centro da área de luta e o atleta
que aplicou o golpe receberá dois pontos. No caso do atleta que sofreu o golpe ter batido antes da interrupção da luta e da
desclassificação, o atleta que aplicou o golpe será declarado vencedor.
• Se o árbitro cometer um erro de direito,que consiste na aplicação incorreta das regras do esporte previstas neste livro.
O erro de direito não inclui interpretações subjetivas do árbitro na marcação de pontos, vantagens ou punições.

1.1.4

Para alterar o resultado proclamado de uma luta, as seguintes condições devem ser observadas:
• O árbitro poderá consultar o diretor de arbitragem do evento, mas caberá ao árbitro a decisãofinal de alterar ou não o
resultado proclamado.
• O diretor de arbitragem deverá consultar a mesa central do evento sobre o andamento da chave e só poderá autorizar a
alteração do resultado caso a chave não tenha avançado para a fase posterior.

1.2
1.2.1

Formatação da arbitragem
A organização do campeonato poderá optar por escalar três árbitros para uma luta sempre que considerarnecessário.
• Nesse caso, dois árbitros laterais ficarão sentados em cadeiras posicionadas em cantos opostos da área de luta.
• Os árbitros laterais terão poderes iguais ao do árbitro central e toda e qualquer marcação ou retirada de pontos, vantagens
ou punições deverão ser confirmadas por pelo menos dois dos três árbitros.
• Em caso de concordância com o árbitro central, os árbitros lateraispermanecerão sentados nas cadeiras nos cantos da área
de luta.
• Em caso de discordância com o árbitro central, os árbitros laterais deverão levantar das cadeiras nos cantos da área de luta e
assinalar a marcação de pontos, vantagens, punições ou a retirada das mesmas utilizando os gestos previstos nesta regra.
• No caso dos árbitros marcarem três pontuações diferentes para um mesmo movimento,valerá a marcação intermediária
(Ex. Quando um árbitro marca passagem de guarda, o segundo marca vantagem e o terceiro pede a retirada dos pontos, será
assinalada no placar uma vantagem).
• Em caso de empate ao final da luta, o árbitro central e os árbitros laterais manterão suas posições e proclamarão o resultado
da luta levantando cada um o braço referente ao atleta que consideraremvencedor do combate.

1.3

Funções do árbitro

1.3.1

Caberá ao árbitro chamar os atletas para a área de luta no início do combate.

1.3.2

Caberá ao árbitro fazer a checagem final de todas as exigências de vestimenta, higiene, etc. Caso um dos atletas não atenda a
qualquer das exigências, caberá ao árbitro determinar que a exigência seja cumprida em tempo determinado.

1.3.3

Caberá aoárbitro posicionar os atletas na área de luta antes do início do combate.
4

• O atleta que ficar à direita do árbitro terá a sua pontuação assinalada pelo braço direito do árbitro, diferenciado do esquerdo
por uma braçadeira verde e amarela que indicará que os pontos do atleta serão marcados na seção verde e amarela do placar.
• O atleta que ficar à esquerda do árbitro terá a sua...
tracking img