Festas e rituais indigenas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1682 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Festas e rituais
Há entre os Kalankó três rituais diferentes: o Toré, o Praiá e o Serviço de Chão. Todos eles ocorrem preferencialmente à noite, mas também podem ser realizados durante o dia,  e tem como figura central o pajé, que é líder e principal cantador das cerimônias. Em alguns casos, porém, o pajé pode transferir esta responsabilidade a uma outra pessoa de destaque da comunidade. Asmulheres podem participar do Toré e do Serviço de Chão, mas não do Praiá. Entretanto, são elas as responsáveis pela preparação das comidas e das pinturas corporais usadas em todos os rituais.
 Cantadores e dançadores
Os cantadores são as pessoas de maior prestígio político entre os Kalankó, são eles que têm maior poder de decisão e mais obrigações no grupo.
Os Kalankó dizem que o canto nasce com apessoa, mas é importante destacar que esta qualidade é transmitida de geração em geração, seguindo uma linha genealógica que remonta às famílias recém-chegadas do aldeamento de Brejo dos Padres (PE). A dança, ao contrário, é aprendida ao longo da vida.
Terreiro
O terreiro é um espaço de forma retangular que existe nas principais aldeias do alto sertão alagoano. É nele que são realizados osrituais Praiá e Toré. O terreiro é um dos lugares privilegiados para se receber os encantados.
Os Kalankó têm dois terreiros onde praticam seus rituais, um em Lageiro do Couro e o outro em Januária. Todo terreiro é chefiado por um indivíduo, que é denominado “pai de terreiro”, e pertence a um encanto, que é o “dono” do espaço.
O terreiro deve, preferencialmente, possuir um poró [casa sagrada onde asvestes cerimoniais são guardadas]. Além disso, em muitos terreiros da região há um espaço denominado oca, onde as pessoas se reúnem para realizar Conselhos ou Torés.
Durante o ritual, o terreiro se transforma em “mato”, espaço de ação dos encantados. Esta transformação acontece a partir de uma formação em cruz, o “encruzamento”, que abre o terreiro para receber a força dos encantados. Oencruzamento se refere a um tipo de movimento coreográfico que traça o desenho de uma cruz em todo o terreiro.
Toré
O Toré é uma prática realizada desde o “tempo dos antepassados”. É geralmente oferecido a um encantado e às vezes é realizado em comemoração a uma data especial ou, como falam, só por brincadeira. Trata-se de um ritual que conta com a participação de toda comunidade e pode contar com apresença de não-índios.
O rito pode ser realizado em diversos espaços: no interior das casas ou fora da aldeia, em ambientes públicos, nos quais o Toré ganha uma forte conotação política. Este ritual acontece com muita frequência e se caracteriza por cantos e danças específicas, que cessam quando o cantador emite um grito.
O canto baseia-se numa estrutura de “pergunta-resposta”, na qual o cantadorcanta dois versos e os participantes respondem com mais dois. Veja os exemplos a seguir:
Caboclo de pena, não pisa no chão (cantador)
Peneira no ar, que nem gavião (participantes) 
Vamô minha gente, uma noite não é nada
ô, quem chego foi Kalankó (cantador)
no romper da madrugada (participantes)
Vamo vê se nóis acaba (cantador)
o resto da empeleitada (participantes)
Lê lê lê eio há háHá há he Eio a há há (complemento)
No Toré, a voz é o elemento fundamental e a pisada no chão, é seu complemento. Um bom cantador é aquele que canta por muito tempo e conhece um grande repertório de cantos.
No final do Toré, consome-se uma garapa – bebida feita a partir da mistura de água com algum tipo de doce, seja rapadura, mel ou mesmo açúcar. Mas antes disso a garapa deve ser “encruzada”(isto é, deve-se fazer o sinal da cruz) três vezes com o maracá e o campiô (cachimbo).
Praiá
O outro ritual é o Praiá ou “Festa dos Encantados”. Ele é realizado apenas em algumas datas especiais: no Sábado de Aleluia, quando tem o nome de “Ritual do Umbu”, pois é a época do umbu selvagem; e no dia 25 de julho, em comemoração ao “ressurgimento” dos Kalankó. Além disso, é praticado quando os...
tracking img