Farmacia tutorial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9712 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FARMÁCIA
Aspectos
Práticos da
Administração
Farmacêutica
na Farmácia
Comunitária

Comunitária

Manual V

Brasília – junho de 2010

FARMÁCIA
2

Comunitária

Introdução
Em nenhuma época, a gestão do varejo farmacêutico esteve com tanta importância quanto
na atual. O Farmacêutico é chamado, neste momento, a entender e a praticar, mais profissio‑
nalmente, não apenas as açõesde saúde – que fazem parte de suas atividades diárias ‑, mas
também os conceitos administrativos, como meio de prosperar e obter uma remuneração mais
justa e ética.
Fazer o trabalho junto à comunidade e ter o reconhecimento das pessoas, e das autoridades,
não são suficientes se a Farmácia não obtiver rentabilidade e auto‑sustentação financeira. Mais
ainda, o Farmacêutico deve ser remuneradoà altura dos demais profissionais da área da saúde,
para não se ver refém de situações que possam colocar em cheque a sua ética profissional e
sua motivação pelo trabalho.
O Farmacêutico, na Farmácia Comunitária, tem a difícil tarefa de transformar “conheci‑
mento em saúde” e, ainda, ter uma remuneração financeira justa e ética. Isso é possível, mas
requer do Farmacêutico um maioraprofundamento na prática da Administração Farmacêutica
na Farmácia.
As histórias de Farmácias bem sucedidas mostram que, invariavelmente, existem duas co‑
lunas de sustentação para o sucesso:
Gestão Administrativa.
Atendimento ao Cliente.

objetIvos
Este manual tem como objetivo familiarizar o Farmacêutico com a utilização de métodos
e técnicas de Administração Empresarial, para que tenha umavisão clara e objetiva do de‑
sempenho de sua Farmácia enquanto empresa. Demonstra, de forma prática, como realizar a
Administração Financeira em uma Farmácia Comunitária.
Esta é a primeira e a mais importante área da Administração Farmacêutica, porque norteia
e dá as diretrizes para a boa Gestão Farmacêutica, atingindo as demais áreas da Farmácia.
A “Administração Financeira” da Farmácia é aparte primária da Gestão Administrativa.

Métodos de AnálIse e IndIcAdores
Vários autores especializados em Administração de Varejo indicam modelos básicos, e
importantes, para a disposição dos dados obtidos pela empresa, de forma a que possam ser
analisados e mensurados. Esta análise e mensuração levam a processos de tomadas de decisões
que viabilizam o crescimento e o fortalecimento daempresa.

FARMÁCIA

Comunitária

3

Um método clássico e básico consiste em dispor os dados da empresa de forma organizada
e concisa, seguindo um formato pré‑definido: é o Demonstrativo de Lucros e Perdas (DLP).
O DLP da Farmácia segue o mesmo padrão proposto para as demais empresas de varejo, e
o seu preenchimento é suficiente para demonstrar ao Farmacêutico se sua Farmácia é, ou não,viável do ponto de vista financeiro (ou econômico). Mais ainda, por meio dele é possível detectar
onde está o problema, e, a partir daí, traçar planos estratégicos de melhoria e viabilidade da
Farmácia.
Um DLP simplificado possui o modelo de uma tabela, em que são dispostos os dados ob‑
tidos na Farmácia, e é composto pelas seguintes operações:
Cálculo

Descrição das Operações

($)Vendas Brutas

(‑)

Descontos concedidos na Venda

(=)

Vendas Líquidas

(‑)

Custo da Mercadoria Vendida (CMV)

(=)

Lucro Bruto

(‑)

Despesas Operacionais Fixas e Variáveis

(=)

Lucro Operacional

Inserindo‑se os valores de cada operação e efetuando‑se os cálculos indicados obtem‑se o
resultado financeiro da Farmácia.
Um DLP mais completo detalha um pouco mais osvalores e indica, para o empresário
Farmacêutico, que variáveis pesam mais no resultado financeiro da Farmácia:
Cálculo

Descrição das Operações

($)

Vendas Brutas

(‑)

Descontos concedidos na Venda

(=)

Vendas Líquidas

(‑)

Custo da Mercadoria Vendida (CMV)

(=)

Lucro Bruto

(‑)

Despesas Operacionais Variáveis

(=)

Margem de Contribuição

(‑)

Despesas...
tracking img