Familias que vivem com menos de um salario

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (390 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
No Brasil retratado em 2010 pelo IBGE, a maioria da população (60,7%) vivia em domicílios com renda familiar per capita de menos de um salário mínimo (no valor de R$ 510 na época), apesar de em dezanos ter diminuído o número de famílias nos extratos mais baixos de rendimento.

No ano passado, praticamente uma em cada sete residências tinha renda domiciliar per capita de até 1/4 de saláriomínimo; uma em cada três, de meio a um salário; e mais de uma em duas tinha rendimento por pessoa de até um salário mínimo - em todos esses grupos sociais, porém, esses números significaram melhoria emrelação à década anterior.

O aumento do salário mínimo na década - reajuste de 237,7% para uma inflação de 89% (pelo IPCA) - e os programas sociais são apontados como causas da melhoria de renda dosmais pobres ocorrida no período. Segundo o presidente do IBGE, Eduardo Nunes os dados apontam para uma redução da desigualdade de renda. “O contingente brasileiro que em 2000 ganhava renda inferior ameio salário mínimo hoje é muito menor”, disse. Ele destacou que a melhora se deve também à expansão da economia brasileira na última década, com a criação de mais de 10 milhões de postos de trabalho.Analfabetismo

O País reduziu a sua proporção de analfabetos para 9,6% em 2010, de 13,6% em 2000. Apesar da melhora, o ritmo da queda no número de pessoas que não sabem ler e escrever diminuiuem relação a década de 91 a 2000. A redução nessa velocidade é encarada com naturalidade por especialistas, que ressaltam o aumento da dificuldade em combater o analfabetismo, na medida em que oestoque de analfabetos diminui, concentrando-se em centros menos urbanizados e mais pobres.

A Região Nordeste é aquela com maior taxa de analfabetismo: 19 1% em 2010, contra 28,2% em 2000 eimpressionantes 37,6% em 1991. Entre os nordestinos, em 2010, 47,1% dos analfabetos tinham 60 anos ou mais.

Saneamento

Também avançou em ritmo modesto o porcentual de domicílios particulares ligados a...
tracking img