Famacologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2294 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Terapêutica da Inflamação e Dor

Caroline Teixeira

“A dor é mais que uma resposta resultante da integração central de impulsos dos nervos periféricos, ativados por estímulos locais. De fato a dor é uma experiência sensorial e emocional desagradável associada a uma lesão real ou potencial.”
Associação Internacional para o Estudo da Dor - IASP

As civilizações antigas escreveram em placasde pedra os primeiros relatos de dor e o tratamento utilizado: pressão, água, calor e sol.

Os gregos e romanos foram os primeiros a teorizar sensação e a ideia de que o cérebro e o sistema nervoso tivessem um papel na produção e percepção da dor. Aristóteles foi quem estabeleceu sua ligação com o sistema nervoso central.

• 

1664 – Via da dor - René Descartes

No século 19 iniciaram-seos avanços científicos para terapia da dor. Médicos descobriram que ópio, morfina, codeína e cocaína poderiam ser utilizados no tratamento do quadro. Essas drogas levaram ao desenvolvimento da aspirina, até hoje o analgésico mais comumente utilizado.
• 

Bulbo da papoila do ópio

•  Dor aguda:

Tem função biológica de preservação de integridade e defesa, pois denota uma lesão ou iminênciade lesão tecidual.

•  Dor crônica: É uma das principais causas de incapacidade e afastamento do trabalho, perda de funcionalidade e da qualidade de vida.

EUA há estimativas de que US$ 80 bilhões de dólares são gastos anualmente pelos empregadores para tratamento dos indivíduos na faixa etária produtiva e a perda de produtividade representa custo de US$ 64 bilhões de dólares ao ano naquelepaís.
•  Mais de 1/3 dos brasileiros afirmam que a dor crônica compromete as atividades habituais. •  Mais de 3/4 destes consideram que a dor crônica é limitante para as atividades recreacionais e relações sociais e familiares. •  A dor é a principal causa de incapacidade física e funcional, sendo causa principal de afastamento crônico. •  Segundo estudos de Waddell com pacientes com lombalgiacrônica, menos de 50% de pacientes retornaram ao trabalho com seis meses de afastamento, e o número praticamente chega a zero após dois anos de afastamento. •  Em 70% dos pacientes que estavam afastados do trabalho, antes de iniciar tratamento em clínicas multidisciplinares de dor, houve queda do número de afastamento para menos de 40% após tratamento multidisciplinar nestes centros.

INFLAMAÇÃOA inflamação é conhecida desde a antiguidade. O primeiro a descrevê-la em seus constituintes fundamentais foi Aolo Cornélio Celso na Roma antiga cerca de 50 a.C.. Já no século XIX, o patologista alemão Rudolf Virchow introduziu o conceito de perda funcional e estabeleceu as bases fisiopatológicas do processo inflamatório.

Manifestações Clínicas
1. Calor; aquecimento 2. Rubor; vermelhidão 3.Tumor; inchaço 4. Dor; 5. Perda de função.

INFLAMAÇÃO
1. Histamina 2. Rubor 3. Permeabilidade capilar 4. Quimiotaxia 5. Neutrófilos e Macrófagos 6. Mediadores químicos 7. Ativação das Plaquetas 8. Diapedese de monócitos

Drogas anti-inflamatórias não esteroidais (AINEs)

INTRODUÇÃO
Drogas anti-inflamatórias gerais:
•  Glicocorticoides •  AINES •  Imunossupressores •  Drogas utilizadasna gota •  Drogas utilizadas na artrite reumatoide

EFEITOS TERAPÊUTICOS
Efeito anti-inflamatório: Modificação da reação inflamatória Efeito analgésico: Redução de certos tipos de dor Efeito antipirético: Redução da temperatura corporal patologicamente elevada Efeito antitrombótico: Dificulta a formação do trombos

MECANISMO DE AÇÃO

Inibição da síntese de prostanóides pela inibição dasenzimas cicloxigenases

Mecanismo de ação dos AINES
Ácido araquidônico Cicloxigenase

AINES

• Inativação irreversível • inibição competitiva reversível • inibição não competitiva
reversível rápida Hidroperoxidases

X

Prostanoides • Prostaglandinas • Tromboxanos

TIPOS DE COX
ESTÍMULO FISIOLÓGICO
COX-1 (constitutiva)
Plaquetas

Endotélio Estômago

Rim

TXA2
AGREGAÇÃO...
tracking img