Falacias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 38 (9365 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Guia das falácias de Stephen Downes
Tradução e adaptação para Português de Portugal de Júlio Sameiro Aclimatação para o Português do Brasil de Ibrahim Cesar O objetivo de um argumento é expor as razões que sustentam uma conclusão. Um argumento é falacioso quando parece que as razões apresentadas sustentam a conclusão, mas na realidade não sustentam. Da mesma maneira que há padrões típicos,largamente usados, de argumentação correta, também há padrões típicos de argumento falacioso. A tradição lógica e filosófica procurou inventariar e batizar essas falácias típicas e este guia pretende listá-las.

1

Falácias da dispersão
Cada uma destas falácias caracteriza-se pelo uso ilegítimo de um operador proposicional, uso que desvia a atenção do auditório da falsidade de uma certaproposição.

Falso dilema
É dado um limitado número de opções (na maioria dos casos apenas duas), quando de fato há mais. O falso dilema é um uso ilegítimo do operador "ou". Pôr as questões ou opiniões em termos de "ou sim ou sopas" gera, com freqüência (mas nem sempre), esta falácia. Exemplos:
• • • •

Ou concorda comigo ou não. (Porque se pode concordar parcialmente.) Reduz-te ao silêncio ou aceita opaís que temos. (Porque uma pessoa tem o direito de denunciar o que bem entender.) Ou vota no Silva ou será a desgraça nacional. (Porque os outros candidatos podem não ser assim tão maus.) Uma pessoa ou é boa ou é má. (Porque muitas pessoas são apenas parcialmente boas.)

Prova: Identifique as opções dadas e mostre (de preferência com um exemplo) que há pelo menos uma opção adicional.Referências: Cedarblom e Paulsen: 136

Apelo à Ignorância (argumentum ad ignorantiam)
Os argumentos desta classe concluem que algo é verdadeiro por não se ter provado que é falso; ou conclui que algo é falso porque não se provou que é verdadeiro. (Isto é um caso especial do falso dilema, já que presume que todas as proposições têm de ser realmente conhecidas como verdadeiras ou falsas). Mas, como Davisescreve, "A falta de prova não é uma prova." (p. 59) Exemplos:
• • •

Os fantasmas existem! Já provou que não existem? Como os cientistas não podem provar que se vai ter uma guerra global, ela provavelmente não ocorrerá. Otávio disse que era mais esperto do que Augusto, mas não provou. Portanto, isso deve ser falso.

Prova: Identifique a proposição em questão. Argumente que ela pode serverdadeira (ou falsa) mesmo que, por agora, não o saibamos.

2

Referências: Copi e Cohen: 93; Davis: 59

Derrapagem (bola de neve)
Para mostrar que uma proposição, P, é inaceitável, extraem-se conseqüências inaceitáveis de P e conseqüências das conseqüências... O argumento é falacioso quando pelo menos um dos seus passos é falso ou duvidoso. Mas a falsidade de uma ou mais premissas é ocultadapelos vários passos "se... então..." que constitui o todo do argumento. Exemplos:






Se aprovarmos leis contra armas automáticas, não demorará muito até aprovarmos leis contra todas as armas, e então começaremos a restringir todos os nossos direitos. Acabaremos por viver num estado totalitário. Portanto não devemos banir as armas automáticas. Nunca deve jogar. Uma vez que comece ajogar verá que é difícil deixar o jogo. Em breve estarás a deixar todo o teu dinheiro no jogo e, inclusive, pode acontecer que vá para o crime para pagar suas despesas e pagar as dívidas. Se eu abrir uma exceção para você, terei de abrir excreções para todos.

Prova: Identifique a proposição, P, que está a ser refutada e identifique o evento final, Q, da série de eventos. Depois mostre que esteevento final, Q, não tem de ocorrer como conseqüência de P. Referências: Cedarblom e Paulsen: 137

Pergunta Complexa
Dois tópicos sem relação, ou de relação duvidosa, são conjugados e tratados como uma única proposição. Pretende-se que o auditório aceite ou rejeite ambas quando, de fato, uma pode ser aceitável e a outra não. Trata-se de um uso abusivo do operador "e". Exemplos:
• • •

Deve...
tracking img