Exemplos de registros cursivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1319 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLAS PSICOLÓGICAS: CONSIDERAÇÕES GERAIS. Jorge Odelio Schneider Antecedentes científicos e filosóficos do surgimento da psicologia como ciência Tales de Mileto, filósofo grego séc. IV aC, foi o primeiro a explicar os eventos naturais em função de outros eventos naturais, explicou a matéria como formada de um único elemento natural, a água. Sócrates (470-395 aC) e Platão (427-347 aC) fizeramcom que despertasse o interesse pela natureza do homem, o que trouxe ao mundo filosófico da época inúmeras questões psicológicas. Ambos adotavam a abordagem racionalista:

Sócrates com o método do questionamento lógico e Platão com sua explicação racional do mundo, pela existência do mundo das idéias que justifica o mundo real. Aristóteles (384-322 aC) também com método racionalista foi o primeiroa valorizar a observação como forma de se chegar a explicar os eventos naturais. Formulou a primeira doutrina sistemática dos fenômenos da vida psíquica. Nos três livros De Anima fala sobre a tarefa da psicologia acreditando que as idéias e conseqüentemente a alma seriam independentes do tempo, do espaço e da matéria e portanto imortais. René Descartes (1596-1650) voltou a favorecer a pesquisa doser humano com o seu dualismo psicofísico, no qual o homem seria constituído de duas realidades: uma material, o corpo,

comparado a uma máquina cujos movimentos seriam previsíveis a partir do conhecimento de suas peças e relações entre elas (pensamento mecanicista); e de uma outra realidade imaterial, a alma livre dos determinismos físicos. Todos os organismos vivos apresentariam diversidadede processos fisiológicos com

alimentação, digestão, funcionamento nervoso, crescimento. A mente por outro lado ‘e exclusividade do homem e tem atividade como conhecer, recordar, querer e raciocinar. Algumas

atividades como sensação, imaginação e instinto seriam produtos da interação entre corpo e mente. Assim estabelece-se duas áreas de estudo: a parte material, o corpo a qual se dedicariaa ciência; e a parte imaterial, a alma ou mente domínio da filosofia. Por influência cartesiana surgiram duas escolas filosóficas no século XVIII e XIX: (1) o empirismo inglês que valorizava os processos de percepção e aprendizagem no desenvolvimento da mente, aonde que o conhecimento teria base sensorial sendo que as associações fundamentam a memória e as idéias e o cérebro onde se encaminhamestímulos sensoriais e se processa a percepção. As investigações biológicas dos fenômenos mentais foi criada por John Locke (1632-1704) comparou a mente como tabula rasa onde seriam impressas pela experiência todas as idéias e conhecimentos, nada existiria que não tivesse passada pelos sentidos; (2) o racionalismo alemão acreditava que a mente tem capacidade inata para gerar idéias, independentes doestímulo do meio, sem importância a percepção sensorial.

Início da psicologia A psicologia propriamente dita nasceu em 1879 com Wilhelm Wundt (1832-1920) influenciado pelo ponto de vista dos filósofos empiristas e pelo desenvolvimento da fisiologia e psicofísica experimentais. Criou o primeiro laboratório de psicologia na universidade de Leipzig – Alemanha e escreveu um livro princípios depsicologia fisiológica. Wundt fez nascer uma escola psicológica chamada estruturalismo porque buscava a estrutura da mente, compreender os fenômenos mentais pela

decomposição dos estados de consciência produzidos pela estimulação ambiental. Como reação ao estruturalismo de Wundt, nos Estados Unidos nasceu o funcionalismo que pode ser melhor descrito como movimento do que escola psicológica.Uniam-se

basicamente em críticas ao estruturalismo quanto a artificialidade da introspecção, a decomposição dos fenômenos mentais complexos em elementos simples e a estreiteza do âmbito da investigação (não poder usar crianças e anormais). Seu principal nome é Willian James (1842-1910) são funcionalistas porque se interessam pelo que a mente faz e não como é. Para tanto buscam e Darwin a evolução...
tracking img