Europeista ou antieuropeista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (273 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Eu sou … europeísta ou antieuropeísta?

Há vinte e cinco anos Portugal aderiu à União Europeia, juntando-se assim aos onze países que já a constituíam. Esteacontecimento foi um fator importante no desenvolvimento do nosso país, mas ao mesmo tempo muito controverso.
Efetivamente, se compararmos o Portugal de hoje com o de hávinte anos atrás, verificamos que existem diferenças e que a maioria delas fora em grande parte influenciada por exigências e investimentos provenientes da União Europeiabem como pelo contacto e intensificação das relações com os restantes Estados Membros. É o caso do prestígio com que Portugal ficou devido aos apertados controlos paraentrar na União Europeia, fazem dele um país mais moderno e competitivo.
Por um lado, a adesão à União Europeia expôs o nosso mercado à concorrência dos outros países mas,por outro lado, também aumentou o mercado disponível para as nossas empresas, proporcionando maiores oportunidades para estas, como para os trabalhadores, dependendoentão da maior ou menor capacidade das empresas em melhorar os seus produtos.
Por exemplo, a adopção da moeda única trouxe inúmeras vantagens no que diz respeito ao aumentodas transacções, do equilíbrio das taxas de juros e da facilidade de compreensão de valores, mas retirou a cada um dos Estados Membros a decisão sobre a valorização edesvalorização da sua moeda que permitia aumentar a competitividade dos seus produtos no mercado externo, o que promovia o equilíbrio da balança comercial e com os ganhosao nível do crescimento económico.
Em suma, apoio a junção de Portugal à União Europeia, uma vez que o nosso país está hoje muito mais desenvolvido graças a este feito.
tracking img