Etica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3610 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O SER HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES[1]



Elizete Passos[2]


Algumas doutrinas tradicionais da administração apóiam-se na crença que administrar consiste, especialmente, em controlar a energia humana a fim de colocá-la a serviço dos interesses da organização. Partem da compreensão que as pessoas só agem favoravelmente aos interessesorganizacionais quando dirigidas, controladas, punidas e recompensadas. Nessa perspectiva, variam entre as que defendem uma ação enérgica e coercitiva e aquelas que argumentam a favor da maleabilidade, não faltando a tendência intermediária que defende o equilíbrio entre a firmeza e a suavidade[3].
Em todas elas o ser humano é colocado como alvo, porém, não como o fim, para quem a açãoadministrativa, a organização e seus produtos deveriam servir e sim como o meio para a satisfação dos interesses dessas. Para entendermos melhor o assunto iniciaremos discutindo o conceito de ser humano.

O que é o ser humano

Na tentativa de definir o ser humano houve quem o considerasse como homo faber, que significa o que fabrica ferramentas; homo sapiens, aquele que raciocina, que procura atingir oâmago dos fenômenos, em busca de compreender e não de manipular; homo ludens, o jogador, que pratica atividades não intencionais. Ainda houve quem o tomasse como homo esperans e homo negans, respectivamente, o que tem esperança e o que pode dizer não e continuar em busca da verdade.
Mais recente Marx vai contra o conceito aristotélico do homem como animal político para trata-lo como animal social,especialmente o ser que pode fazer projetos e praticar atividades livres e conscientes.Conceito que é compartilhado por Antonio Gramsci, ao afirmar que o ser humano é o processo dos seus atos.Ele pode criar sua própria vida e controlar o seu “destino” ( 1978: 38).
Ao distanciar o ser humano dos determinismos instintivo e histórico também o liberta da sina da submissão e o afirma como ser deconsciência e de ação. Capaz de refletir sobre si e sobre os outros e de criar e recriar suas condições de vida e sua vida. É verdade que muitas tendências filosóficas têm colocado o ser humano como limitado ao espírito, tomando essa dimensão como sendo sua suposta individualidade, entretanto ele não pode romper com sua realidade material e concreta sob pena de se aniquilar. Como afirma Fromm( 1977:80) :“[...] o homem não só tem uma mente e necessita de um sistema de orientação que lhe permita compreender e estruturar o mundo que o rodeia; ele também tem coração e um corpo que precisam ser ligados emocionalmente ao mundo – ao homem e à natureza”.
O ser humano precisa de laços com a cultura e com as pessoas, dentro dos princípios harmoniosos da fraternidade e da solidariedade, sem restrições dassuas dimensões intelectuais, afetivas e da sua liberdade. Diferente dos demais animais, ele não necessita apenas de garantir suas necessidades físicas, de alimentação e segurança, precisa igualmente de produzir cultura. “[...] ele não só quer saber o que é necessário para sobreviver como também quer compreender de que se trata a vida humana” (From, op. cit. p. 83).
Ele é, portanto, criador decultura e de valores. O que leva Gramsci a concebê-lo como “uma série de relações ativas (um processo), no qual, se a individualidade tem a máxima importância não é, todavia, o único elemento a ser considerado” (op. cit. pág. 39). Como o reflexo da humanidade, cada individualidade é constituída do indivíduo, assim como de outros indivíduos e da natureza.
Mais complexo, porém, é a relação que mantémcom esses elementos. Com os primeiros através de inter-relação social e no segundo grupo a partir do trabalho e da técnica. Técnica aqui entendida não só como cotidianamente se quer, como noções científicas aplicadas, mas como conhecimento, como “instrumentos mentais”. Relações baseadas na consciência, no conhecimento e na ação, donde advém o poder do ser humano em criar a si e o mundo que o...
tracking img