Etica moderna e humanismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3173 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ÉTICA MODERNA E HUMANISMO[1]

Com a chegada da modernidade, na Europa, entre os séculos XVI e XVIII, o pensamento filosófico rompe tanto com a antiguidade greco-romana, como com o pensamento cristão medieval.
Uma das marcas desse rompimento com o pensamento greco-romano está na profunda diferença que os filósofos modernos estabelecem entre a humanidade e a natureza ou animalidade.Lembremo-nos que, para o pensamento greco-romano, a natureza era uma referência positiva. Tanto é assim, que Platão e Aristóteles pensaram uma ética das virtudes naturais. Quanto mais o comportamento dos homens se aproximasse das suas tendências naturais, mais próximo estariam da excelência ética e moral. Em Platão, as virtudes naturais desempenhavam funções específicas que ordenadas e hierarquizadasresultavam na própria justiça.
Em Aristóteles, os homens, na busca da sua perfeição ética e moral, deviam comportar-se com moderação e equilíbrio (o justo meio-termo), assim como se mostrava a ordem da natureza (kosmos), que dispunha todas os seres nos seus devido lugares; corrigindo os excessos e também as faltas.
Já para a filosofia moderna, a natureza deixa de ser representada como perfeita,tanto a externa aos homens quanto a sua própria, para ser vista como aquilo que temos que superar com nosso esforço e trabalho para sermos melhores e progredirmos.
Por isso, o que se valoriza nos homens não é a parte que ele tem em comum com os animais, os seus instintos naturais e incontroláveis, mas o que ele possui, e que nenhum outro ser vivo possui, a sua liberdade.
Essa característicapassou a ser valorizada por ser própria e exclusiva dos homens, já que outras diferenças foram sinalizadas, mas ainda tinham parte com a natureza. O próprio Aristóteles já definira o homem como um "animal racional", e um outro filósofo, moderno, Descartes, o definira como possuindo sensibilidade. No entanto, a diferença proposta por Aristóteles é uma diferença de grau ou de intensidade, e não dequalidade, pois os animais também são capazes de inteligência. E, quanto à diferença proposta por Descartes, não é incomum presenciarmos reações de dor e prazer como também de afeto por parte dos animais. Aliás, esse fato será reconhecido mais tarde pelos filósofos utilitaristas, ao considerarem imoral todos os atos que aumentem a dor e o sofrimento, estendendo a moralidade para todos os seressencientes, inclusive os animais.
E é justamente essa característica, a de sermos seres livres, característica essa presente em várias propostas filosóficas modernas, que nos faz o tempo todo buscar a superação de nós mesmos em busca de uma perfeição, que cada vez mais se acredita independer da natureza. Buscamos, enquanto seres humanos livres, realizarmos uma história individual e política inteiramentedependente de nossas escolhas e decisões. Nesse sentido, a própria noção de história se humaniza, contrapondo-se à idéia de um destino que se impõe aos homens, subtraindo, dessa maneira, a sua parcela de liberdade.

A moral de Kant

Essa nova e moderna definição do homem rompe com aquela concepção aristocrática que defendia uma ordem natural, equilibrada e hierarquizada, na qual o homemdeveria se inserir e se adaptar exercendo as suas virtudes naturais. Na ética aristocrática dos antigos, a excelência humana era uma descoberta no homem das suas melhores tendências e talentos naturais. Assim, era possível defender que a essência humana estava dada de forma anterior à sua própria existência. Por isso, a ética antiga pode ser considerada como a busca da excelência humana natural; umaética aristocrática natural.
Mas, para os pensadores modernos, apenas os animais guardam uma essência, incapaz de ser modificada pela sua vontade. Um gato, por exemplo, mesmo com fome não se alimentaria de grãos, assim como um pombo, também faminto, não se tornaria carnívoro.
Nos humanos, ao contrário, é preciso priorizar aquilo que está para além de qualquer determinação natural; para além...
tracking img