Ethos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1708 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A ética é um tema que sempre inquietou o homem. É comum ouvirmos expressões do tipo: “Ele (ou ela) não tem ética”; ou, ainda: “isto é uma questão ética”. Mas o que significa ética? É possível agirmos eticamente, abrindo mão de nossa liberdade?
1.1 O conceito de Ethos
O conceito de ethos se formou, na Grécia antiga, pela transliteração de dois vocábulos cuja origem se encontra já no primeiro egrande texto literário da antigüidade e fundador da civilização grega, os poemas épicos de Homero intitulados Ilíada (capítulo VIII, páginas 408, 422). Embora um não englobe ou reduza o outro, a articulação desses dois vocábulos construiu o significado amplo do termo ethos ao longo da antigüidade grega e está na base da composição do termo ética.
Veja as duas dessas matrizes da noção de ethos:Éthos (ήθος) - com “eta” inicial, vogal longa (é), designa inicialmente “morada do homem, lugar de estada permanente, abrigo protetor” (ERMOUT; MEILLET, 1994, adaptação). Nessa primeira acepção, o ethos indica o espaço no qual o homem imprime sua “marca” pela afirmação de sua razão (logos [λόγος]). Essa noção primitiva do ethos remete, assim, à idéia de um espaço constituído e ordenado pelo homemsegundo sua razão. O ethos indicará, nesta primeira expressão, um espaço construído e permanentemente reconstruído pelo homem, espaço no qual serão inscritos os costumes, hábitos, valores, normas e ações. Esta ordem geral à qual se refere o ethos é denominada costume, maneira de ser habitual, comum a um determinado grupo humano.
Êthos (έθος) - com “épsilon” inicial, vogal breve (ê) - diz respeito aocomportamento que resulta de um constante repetir-se dos mesmos atos, mas não de forma necessária, maneira habitual de agir (ERMOUT; MEILLET, 1994, p. 407-408). É o que é feito de modo freqüente ou quase sempre, mas não sempre, nem em virtude de uma necessidade natural. Portanto, o ethos irá assinalar, desde o princípio, uma oposição à “physis” (φύσις), isto é, àquilo que significa ao mesmo tempoa natureza e o princípio ordenador do mundo físico. Nesse sentido, o ethos se contrapõe ao que é natural no homem (impulso do desejo), pela constância e disposição da vontade de agir de acordo com as exigências de realização do bem ou do que é o melhor a ser feito. Existe aqui, portanto, uma oposição entre o mundo humano, no qual não há determinação absoluta, e o domínio físico, no qual osfenômenos seguem leis rígidas. Esta segunda matriz conceitual do ethos significará, pois, a disposição habitual do indivíduo para agir de certa maneira em vista do que é o melhor a ser feito: hábito como virtude.
Vaz (1993, p. 12), próximo à tradição aristotélica, bem lembra, que a noção de “éthos” deve ser articulada a um outro vocábulo grego, aquele de “héxis” (έξις), o qual remete à idéia depossessão, de estado adquirido, hábito, estado de alma, atitude ao agir de um certo modo (MAGNIEN; LACROIX,1969, p. 608). Assim, o “êthos” corresponderá à aquisição estável (έξις πραχτιχή), pelo indivíduo, mediante a educação, de uma sabedoria prática que lhe possibilite agir segundo a escolha da melhor via para a consecução de um fim considerado bom. O “êthos” torna-se, assim, caráter. Daí, o papelpreponderante do aprendizado na constituição de uma vida virtuosa (BODÉÜS, 1982, p. 218).
Esse caráter, contudo, não é estável. Pelo contrário, é o constante exercício da pergunta sobre o que o melhor a se fazer em determinadas situações da vida. Dito de outro modo, o “ethos” é a capacidade de perguntar pelo sentido das ações e pela suas conseqüências. Assim, como veremos mais adiante na distinçãoentre “ética” e “moral”, o ethos/ética é o conjunto de critérios que utilizamos para questionar o que já está estabelecido pela moral.
Diante disso, é possível aproximar-se de uma definição etimológica da noção de ethos, articulando as duas matrizes conceituais:
Ethos como costume: modo de ser que procede da vivência comum dos princípios, valores, normas, leis e hábitos que expressam a idéia de...
tracking img