Estudo dos gases - quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1805 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estudo dos Gases

Palmas/2011

Estudo dos Gases


Palmas/2011

Sumário

INTRODUÇÃO 4
PRESSÃO DOS GASES 5
LEIS FÍSICAS DOS GASES 6
EQUAÇÃO GERAL DOS GASES 9
CONDIÇÕES NORMAIS DE TEMPERATURA E PRESSÃO 10
TEORIA CINETICA DOS GASES 10
LEIS QUIMICAS DOS GASES 11
MISTURAS GASOSAS 12
CONCLUSÃO 13
BIBLIOGRAFIA 14

INTRODUÇÃO
O estudo dos gases teve início com Torricelli,quando mediu sua pressão e apresentou adequadas explicações sobre o fenômeno. A primeira pessoa a utilizar o termo gás foi Jean-Baptiste, um naturalista belgo, alquimista e químico.
O termo gás vem do grego caos e significa espaço vazio.
O gás tem como característica principal ocupar totalmente o volume do recipiente que o hospeda, independentemente de sua quantidade.
Isso acontece porque osgases se comportam de forma desordenada em virtude do grau de liberdade que possuem, ocupando totalmente o volume do recipiente a ele oferecido.
Outra característica dos gases é sua grande capacidade de compressão.

PRESSÃO DOS GASES

A força exercida pelo gás sobre a parede de um recipiente onde esteja contido pode ser atribuída aos choques das moléculas contra à parede.
 Pressão =
Ouseja,
P =
A pressão de um gás é, portanto, uma consequência dos choques moleculares das suas partículas sobre as paredes do reservatório onde se encontram. As partículas de um gás dispõem de grande liberdade de movimentos e deslocam-se no espaço em todas as direções.

|

A pressão de um gás exerce-se em todas as direcções.
Quanto maior for o número de choques das partículas do gás queocorrem sobre uma superfície, num dado intervalo de tempo, maior é a pressão exercida pelo gás nessa superfície.
|
                  

A pressão está directamente relacionada com o número de colisões.
| | | |
| | | |
A unidade de pressão no Sistema Internacional é o Pascal, Pa. Existem outras unidades também muito usadas como: a atmosfera (atm) e o milímetro de mercúrio (mmHg). Aatmosfera corresponde à pressão normal ao nível do mar e é definida como a pressão exercida por uma coluna de mercúrio com a altura exacta de 760 mm Hg, também designada por torr, em reconhecimento do estudante de Galileu, Evangelista Torricelli (1608-1647), que inventou o barómetro. A relação entre estas unidades é:
1 mmHg = 1 torr
1 atm = 760 mmHg = 760 torr
1atm = 101.325 Pa
1mmHg = 133,322Pa

LEIS FÍSICAS DOS GASES

Lei de Boyle-Mariotte
As transformações isotérmicas são aquelas que ocorrem à temperatura constante nas quais as variações de volume estão relacionadas às variações de pressão.
Ex.: quanto maior for a pressão externa aplicada sobre o êmbolo da seringa, menor será o volume do ar dentro da seringa.

Essa constatação experimental é expressa pela lei deBoyle-Mariotte:
Sob temperatura constante, o volume ocupado por determinada massa gasosa é inversamente proporcional à sua pressão.

Portanto:

Lei de Gay-Lussac
Gay-Lussac estudou a variação da temperatura em relação ao volume de um gás com a pressão constante.
A transformação isobárica é uma variação do volume e da temperatura de determinado gás, porém com a pressão constante.
A lei de Gay-Lussacafirma que:
Sob pressão constante, o volume ocupado por determinada massa gasosa é diretamente proporcional à sua temperatura absoluta.
Ex.: Em um recipiente contendo um determinado gás, que tem sua temperatura elevada, a energia cinética das partículas aumentará. Isso significa que quanto maior a temperatura, maior será a velocidade das moléculas. A pressão se manteve constante, mas, com oaumento da velocidade das partículas, o volume ocupado por esse gás tende a aumentar.
Portanto:

Lei de Charles
A transformação isocórica, também denominada transformação isovolumétrica, ou ainda isométrica, ocorre quando se mantém o volume constante e se variam a temperatura e a pressão de um gás com massa fixa.
Jacques Alexandre César Charles e Joseph Louis Gay-Lussac estudaram como diversos...
tracking img