Estudo de caso: violencia nas escolas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1698 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estudo de Caso


Tema: A violência nas escolas


A violência nas escolas tem crescido a cada instante. Alunos agredindo seus colegas, professores e demais funcionários da escola. Agressões verbais, físicas, bullings e outras mais. O problema é muito mais grave do que podemos imaginar e a solução está longe de ser alcançada. É necessário um trabalho árduo e persistente, para que osfatores ocasionais sejam erradicados da sociedade.


Problema: Qual seria a melhor maneira para reduzir a violência escolar?


Oferecer melhores condições e programas de conscientização com alunos, pais, núcleo escolar e sociedade, propiciando momentos de reflexão e oferecendo soluções para os diversos fatores que desencadeiam tal violência. Oferecer também aos alunosoportunidades para que possam expressar suas ideias de forma tranquila e saudável.


Assunto: O aumento da violência nas escolas brasileiras.


A violência nas escolas é hoje uma das principais preocupações da sociedade, principalmente dos pais. Ela atinge a vida e a integridade física das pessoas.
Esse tipo de violência, também é conhecido como violência juvenil, pois ocorre namaioria das vezes com indivíduos entre 10 e 21 anos. Suas causas podem ser classificadas da seguinte maneira:
- Causas pessoais: (próprias do individuo que pratica a violência; podem ser exemplificados por consumo de álcool e drogas, desequilíbrio emocional, questões passionais, estresse, temperamento, natureza ou índole, etc.)
- Causas Contextuais Distais: ( conjuntura social,política, econômica: pobreza, miséria, fome, desemprego, discriminação social, corrupção, impunidade, exclusão social, etc.)
- Causas Contextuais Proximais: ( modelos de violência em casa, nas ruas e nos meios de comunicação, tipo de estrutura familiar, uso de punição para promover disciplina em varias instituições sociais – família, escola, religião, Febem, etc. – baixa renda familiar,desemprego familiar, etc).

Hipótese: Com a reciclagem e melhor qualificação dos professores e educadores, o número de casos envolvendo a violência nas escolas diminuiria?


Sim. O ideal seria proporcionar aos professores durante sua formação situações reais, e não apenas teorias que muitas vezes falam de escolas meramente perfeitas, sem nenhum caso aparente próximo da realidade.Conscientiza-los de que a teoria é sim muito importante, mas a prática muitas vezes é bem diferente e cabe à ele, o professor, saber diferenciar, ajustar e aplicar tal teoria diante das situações diversas que irá encontrar.





































Resenhas



Referência:

ANSER, Maria. JOLY, Maria. VENDRAMINI, Claudette. Avaliação doconceito de violência no ambiente escolar: visão do professor. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo. Acesso em: 16 Mar. 2012.

Resumo:

De acordo com o artigo, as crianças e os adolescentes são motivos de preocupação para os pais e educadores, por viver numa sociedade em transformação, tomada por valores instáveis e de curta duração. Eles são mais suscetíveis a situaçõesviolentas com as quais convivem em seu meio quer seja ele social, familiar ou escolar.
O desenvolvimento da violência, nas atitudes infantis ou do adolescente, está ligado principalmente a fatores emocionais com os quais esses indivíduos não sabem lidar, como agressividade, frustração, baixa autoestima, dentre outros.
A violência escolar pode ser observada através de agressão física everbal de alunos contra alunos, alunos contra professores, destruição e atos de vandalismo contra a estrutura da escola, desrespeito com funcionários, dentre outros.
De acordo com as autoras uma maneira de diminuir a violência escolar, seria investir em orientação e apoio aos professores, por meio de estratégias de aperfeiçoamento da prática pedagógica e da relação professor-aluno, em...
tracking img