Estudo da comunidade de artropodes em serapilheira no parque das dunas e restinga do abaeté

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1965 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DA COMUNIDADE DE ARTRÓPODOS EM SERAPILHEIRA EM UMA ÁREA DE MATA DO PARQUE DE DUNAS E LAGOAS DO ABAETÉ
Silva. A¹; Souza. A¹; Carvalho. C¹; Sales. D¹; Gomes. M¹; Amorim. N ¹; Lima.P¹ ; Sá.T¹ Camila Pigozzo2 1-Discentes do 5º semestre do curso de Ciências Biológicas da Unijorge 2-Docente do curso de Ciências Biológicas da Unijorge ________________________________________________________________

RESUMO A Restinga é uma formação vegetal que ocorre em quase todo litoral brasileiro. A vegetação desenvolve-se em solos arenosos e salinos e varia desde espécies forrageiras, até grupos arbóreos e arbustivos de grande porte (BARBOSA & FARIA, 2006). A microfauna que ocorre nas florestas sobre a restinga é similar á mata atlântica, indicando interações associadas às alternativastemporais e espaciais de recursos alimentícios, de abrigo e de notificação que constituem um ecossistema único de grande biodiversidade. A floresta forma uma trama superficial de raízes onde abriga uma camada fina de serrapilheira com muitas folhas não decompostas. Constituindo assim um ecossistema característico formado, principalmente, por uma cobertura que se cria na superfície do solo, composta porrestos de vegetação, como folhas, arbustos, caules e cascas de frutos em diferentes estágios de decomposição. Fazem também parte dela também restos de animais e suas fezes. Esta camada é a principal fonte de nutrientes para ciclagem em ecossistemas florestais (PRIMACK &RODRIGUES, 2002). Palavras- Chaves: Artrópodes, restinga, diversidade, Riqueza de espécies, Abundância, ABSTRACT The Restinga is avegetation formation that occurs in almost all Brazilian coast. The vegetation is developed in sandy, saline soils and forage species ranges from, groups of trees and shrubs to large (BARBOSA & FARIA, 2006). The microfauna occurring in forests on the sandbank is similar to forest, indicating interactions associated with the alternatives of spatial and temporal food resources, shelter andnotification constitute a unique ecosystem of great biodiversity. The forest forms a plot of surface roots which houses a thin layer of leaf litter with many leaves not decomposed. Thus forming a characteristic ecosystem consisting mainly of coverage that is created on the soil surface, composed of remnants of vegetation such as leaves, shrubs, stems and peels of fruits at different stages of decomposition.Also part of it also remains of animals and their feces. This layer is the main source of nutrients for cycling in forest ecosystems (Primack & Rodrigues, 2002). Key words: Arthropods, sandbank, diversity, species richness, abundance.

município de Salvador, o Parque das INTRODUÇÃO Os artrópodes são abundantes os em Dunas possui uma área de 1 milhão e 200 metros, com 5km de comprimento e umalargura média de 1km. Fica na Av. José Augusto Tourinho Dantas, entre os bairros de Praia do Flamengo, Stella Maris, fazendo fronteira com o Aeroporto

praticamente

todos

ecossistemas

terrestres e decompõem aproximadamente 20% da folhagem anualmente produzida no planeta, sendo dessa forma importantes na manutenção do equilíbrio na natureza (SAMWAYS 1995). Dentre os artrópodes estão osinsetos da macrofauna de solo que atuam na ciclagem de nutrientes, estes animais interagem com outros

Internacional Luís Eduardo Magalhães, com um perímetro de 3,5km. Toda área será cercada por cerca natural. O clima da área é quente e úmido, com maiores índices de pluviosidade ocorrendo entre os meses de maio e julho. Os ventos predominantes são oriundos do sudeste e a umidade do ar se mantém emtorno de 80%(UNIDUNAS). A coleta foi realizada no dia dez de abril de 2011 no período da manha. O estudo foi a partir da coleta de serapilheira na borda e dentro da mata. Em cada área foi definido cinco pontos escolhidos de forma aleatória e definidos

microorganismos, os quais decompõem e mineralizam os detritos do solo (HÖFER et. al.2001), e os microartropodes que compõem a mesofauna e se...
tracking img